Notícias 29 set, 21

Movimento busca o desenvolvimento regional sustentável do Vale do Itapocu

Pacto de Desenvolvimento e Inovação tem adesão de prefeitos da Amvali

Prefeitos dos municípios da microrregião da Amvali assinaram uma carta de intenções do Pacto de Desenvolvimento e Inovação do Vale do Itapocu. O ato aconteceu nessa erça-feira (28), durante reunião da Associação dos Municípios, no salão da Chiesetta Alpina, em Jaraguá do Sul. O Presidente do Comitê Inova Jaraguá, Gustavo Pacher, fez a apresentação do Pacto aos prefeitos, em conjunto com o Presidente da ACIJS e do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, Luis Hufenüssler Leigue.

Encontro na Chiesetta Alpina reuniu lideranças da região da Amvali

O Pacto de Desenvolvimento e Inovação do Vale do Itapocu é um movimento regional iniciado por diversas entidades, públicas e privadas, que promovem ou apoiam o desenvolvimento econômico, social, a ciência, tecnologia, empreendedorismo, educação e a inovação. As entidades pactuam ações que estejam dentro do seu escopo natural de atuação e que se enquadrem em um dos eixos definidos. As ações serão pactuadas publicamente e acompanhadas por uma plataforma digital específica do Pacto. Nesse portal estarão alinhadas agendas e temas de discussões, além de outras informações referentes ao movimento.

As entidades podem, inclusive, se comprometer com ações dirigidas ao seu próprio público-alvo, contanto que estejam alinhadas com as diretrizes gerais do Pacto.

“A proposta é ter os gestores municipais como incentivadores de iniciativas que buscam a eficiência, fazer mais com menos, e estimular uma maior integração e alinhamento entre a comunidade na busca pelo progresso, desburocratização, desenvolvimento científico, fomento à pesquisa e a capacitação tecnológica”, explica Gustavo Pacher. “Estamos pactuando a busca pelo progresso de forma acelerada, dedicando nossos melhores esforços para perseguir o futuro que idealizamos para as futuras gerações, e conclamamos nossa comunidade regional, desde o poder público, a população e a iniciativa privada a participar deste virtuoso movimento coletivo”, completa.

Nesta primeira etapa do movimento serão convidadas a participar as entidades com atuação diretamente relacionadas às pautas mais relevantes para o Vale do Itapocu, como os Municípios, Câmaras de Vereadores, Poder Judiciário, Ministério Público, Amvali, CIGAMVALI, associações empresariais, Câmaras de Dirigentes Lojistas, Fiesc, Sebrae, Senai/Senac, Polícia Civil, Polícia Militar, entidades e conselhos representativos de classe, e outras que tenham como objetivo contribuir para a materialização do propósito do Pacto.

Gustavo Pacher destaca ainda a estratégia central do movimento de engajamento da comunidade, buscando contribuições e unindo forças para direcionar recursos (financeiros e não-financeiros), tornando seus municípios ainda mais desenvolvidos e atraentes para investimentos. “A ideia que originou o Pacto foi o entendimento de que há diversas entidades desenvolvendo políticas ou serviços, mas em alguns momentos há pouca conexão entre elas e pouca convergência entre as ações. Vamos, então, tratar de convidá-las para multiplicar, coordenar e orientar essas ações em uma mesma direção”, explica.

O presidente da ACIJS e do CEJAS destaca i encontro com prefeitos como um momento simbólico da integração de toda a região em torno do desenvolvimento com sustentabilidade econômica e social. A partir de agora, comenta Luis Leigue, o Pacto inicia o trabalho de sensibilização e uma governança orientada não apenas às questões como inovação e a economia, mas integradas a todos os ambientes do ecossistema regional, que historicamente se mostra participativo.

Durante a assinatura da Carta de Intenções, o prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, enfatizou aos colegas dos municípios vizinhos a importância da união de esforços. “Compartilhar as informações de maneira regional faz muito sentido. Temos que nos unir cada vez mais e resolvermos os problemas em conjunto, de forma regional. Os municípios precisam ser mais versáteis, com menos burocracia e com mais entrega para as pessoas que precisam dos serviços públicos”, disse Lunelli. (Com informações da Prefeitura de Jaraguá do Sul)



Confira as

Últimas notícias

Nota de pesar - Yara Fischer Springmann

A ACIJS, representada por sua Diretoria. Conselho Superior e Empresas Associadas, expressa o sentimento de pesar da classe empresarial de Jaraguá do Sul diante do

Ação Social do Núcleo de Voluntariado leva alegria a crianças no Natal

Iniciativa beneficiou crianças assistidas pelo programa Novos Caminhos e também menores da comunidade haitiana do Bairro Vieiras

NOTA OFICIAL – A favor da moralidade, contra o aumento de gastos públicos

Entidade se alinha a manifestações de setores representativos do meio empresarial e da sociedade civil diante de medidas que comprometem a gestão de recursos públicos

ACIJS vê legitimidade em manifestações por mais recursos a rodovias

Entidades representativas do setor produtivo têm atuado no sentido de assegurar continuidade de obras de infraestrutura

NOTA OFICIAL - Fundo Eleitoral 2022

Com a decisão de senadores e deputados federais, Fundo Eleitoral pode utilizar até R$ 5,7 bilhões de recursos públicos, em 2022

Jaraguá do Sul é a primeira cidade de SC a integrar rede nacional de 5G

Projeto vai permitir a aplicação de tecnologia inédita, com a instalação de redes de 5G por meio da integração de antenas às luminárias inteligentes

“Desafio é recuperar posição de destaque de Jaraguá na economia do estado”, diz prefeito Antídio, na ACIJS

Encontro Empresarial marcou encerramento da agenda de plenárias da entidade em 2021

ACIJS inicia campanha de incentivo à segunda dose de vacina contra a Covid-19

Ação busca envolver a comunidade no esforço para que o ciclo de imunização contra a Covid-19 seja completo

Alta de juros era aguardada, mas decisão pode afetar recuperação econômica, avaliam entidades

Sétimo aumento seguido dos juros pode inibir capacidade de reação de empresas no pós-pandemia, temem especialistas

Câmara Federal aprova projeto que municipaliza regras de proteção de rios em áreas urbanas

Projeto de Lei que regulamenta ocupação de áreas próximas a rios nos municípios agora aguarda sanção presidencial

You must login to view your message.
Redefinir senha Cadastrar