Notícias 24 maio, 18

O uso de robôs não representa riscos a empregos formais ou implica na desativação de postos de trabalho em massa. […]

Palestra esclarece aplicação da Inteligência Artificial

O uso de robôs não representa riscos a empregos formais ou implica na desativação de postos de trabalho em massa. A afirmação é do especialista em Inteligência Artificial Henrique Bilbao, CEO e fundador da empresa blumenauense HiMaker, ao falar sobre o assunto na plenária ACIJS-APEVI na segunda-feira (21).

Formado em Ciências da Computação, Henrique desenvolveu o robô virtual Elly, que utiliza as ferramentas de inteligência artificial do Watson, da IBM. Segundo ele, a aceitação de sistemas autômatos vem crescendo em vários setores da economia e estudos indicam que até 2020 mais de 85% da relação entre empresas e consumidores se dará por meio de recursos de Inteligência Artificial.

“Há indicadores de substituição de 5 milhões de empregos nos próximos anos em funções que poderão se desempenhadas por robôs, mas isto não quer dizer que as pessoas ficarão desempregadas. O que vai acontecer é que estes trabalhadores poderão se dedicar a atividades mais importantes para as empresas, precisarão se atualizar, mas isto não significa desemprego”, diz o empresário.

Mesmo com o incremento do uso de robôs, lembra Henrique Bilbao, será preciso profissionais para o treinamento dos equipamentos, uma vez que um robô apenas repete o que está programado. “O robô depende sempre das informações que recebe. A diferença é que ele aprende uma única vez e não esquece nunca o que está na sua programação”.

As vantagens dos sistemas de inteligência artificial estão concentradas basicamente na eliminação de atividades repetitivas que desgastam o trabalhador, a redução de custos burocráticos, otimizando assim tempo e recursos das empresas.

Há ganhos com o fluxo automático das informações, permitindo que as organizações tenham um canal único de conversação com seus clientes, evitando desgastes comuns no relacionamento tradicional e com isto os funcionários podem se concentrar em atividades mais rentáveis às empresas, que ganham mais escala e se tornam mais competitivas no mercado.



Confira as

Últimas notícias

Nota de pesar - Yara Fischer Springmann

A ACIJS, representada por sua Diretoria. Conselho Superior e Empresas Associadas, expressa o sentimento de pesar da classe empresarial de Jaraguá do Sul diante do

Ação Social do Núcleo de Voluntariado leva alegria a crianças no Natal

Iniciativa beneficiou crianças assistidas pelo programa Novos Caminhos e também menores da comunidade haitiana do Bairro Vieiras

NOTA OFICIAL – A favor da moralidade, contra o aumento de gastos públicos

Entidade se alinha a manifestações de setores representativos do meio empresarial e da sociedade civil diante de medidas que comprometem a gestão de recursos públicos

ACIJS vê legitimidade em manifestações por mais recursos a rodovias

Entidades representativas do setor produtivo têm atuado no sentido de assegurar continuidade de obras de infraestrutura

NOTA OFICIAL - Fundo Eleitoral 2022

Com a decisão de senadores e deputados federais, Fundo Eleitoral pode utilizar até R$ 5,7 bilhões de recursos públicos, em 2022

Jaraguá do Sul é a primeira cidade de SC a integrar rede nacional de 5G

Projeto vai permitir a aplicação de tecnologia inédita, com a instalação de redes de 5G por meio da integração de antenas às luminárias inteligentes

“Desafio é recuperar posição de destaque de Jaraguá na economia do estado”, diz prefeito Antídio, na ACIJS

Encontro Empresarial marcou encerramento da agenda de plenárias da entidade em 2021

ACIJS inicia campanha de incentivo à segunda dose de vacina contra a Covid-19

Ação busca envolver a comunidade no esforço para que o ciclo de imunização contra a Covid-19 seja completo

Alta de juros era aguardada, mas decisão pode afetar recuperação econômica, avaliam entidades

Sétimo aumento seguido dos juros pode inibir capacidade de reação de empresas no pós-pandemia, temem especialistas

Câmara Federal aprova projeto que municipaliza regras de proteção de rios em áreas urbanas

Projeto de Lei que regulamenta ocupação de áreas próximas a rios nos municípios agora aguarda sanção presidencial

You must login to view your message.
Redefinir senha Cadastrar