Notícias 16 abr, 18

A Medida Provisória que reduziu de 17% para 12% o ICMS cobrado nas operações de venda da indústria e do […]

Indústria vê redução do ICMS como fator de estímulo à produção

A Medida Provisória que reduziu de 17% para 12% o ICMS cobrado nas operações de venda da indústria e do atacado para o varejo, nivelando a alíquota àquela cobrada quando o comércio compra produtos de outros estados, foi bem recebida pela classe empresarial.

Para a Federação das Indústrias de Santa Catarina, a decisão anunciada na semana que passou pelo Governo do Estado é benéfica. “Nivelar à mesma alíquota interestadual o ICMS cobrado nas vendas internas da indústria catarinense ao varejo estadual devolve a competitividade à produção local. É uma antiga reivindicação da FIESC, que estimulará a produção em Santa Catarina”, avalia o presidente da FIESC, Glauco José Côrte.

O empresário entende que a medida poderá resultar na geração de mais emprego e renda no setor industrial, com impacto positivo no consumo, que, por sua vez, se refletirá no crescimento da arrecadação.

“A arrecadação não será prejudicada porque o ICMS da última etapa de tributação não muda: o consumidor continuará a pagar a alíquota interna, que é de 17%”, explica. “O que deixa de ser arrecadado pela indústria e pelo setor atacadista será inteiramente recuperado na etapa seguinte da circulação”, completa.

Tiago Coelho, vice-presidente administrativo da ACIJS e representante da entidade na Câmara de Assuntos Tributários e Legislativos da FIESC, também avalia que a medida anunciada pelo Governo do Estado demonstra a preocupação em manter a economia catarinense competitiva ao favorecer as operações entre contribuintes de diversos segmentos.

“É uma decisão inteligente e coerente no sentido de buscar equilíbrio sem perda de receita, já que o Estado tem feito ajustes em incentivos a diversos setores e isto evidencia a capacidade de reação de Santa Catarina, frente à situação econômica adversa no país”, ressalta Tiago Coelho.

Com a nova medida, principalmente em razão do Simples, as empresas de médio e pequeno porte terão vantagem relativa em adquirir mercadorias e serviços em operações internas, porque não se creditam do imposto das etapas anteriores.

Tiago Coelho ainda afirma que na medida em que a economia nacional vai demonstrando recuperação, ainda que de maneira lenta, o setor produtivo ganha fôlego e se mantém competitivo.

“São respostas positivas que o Estado dá frente aos pleitos que têm sido feitas pela indústria, e isto precisa ser ressaltado como demonstração de confiança de que logo poderemos superar um cenário que ainda preocupa. Mas também traz perspectivas de uma futura melhora de arrecadação tão logo a economia esteja plenamente aquecida justamente pela nossa diversidade econômica”, finaliza.


Categorias

Institucional

Tags

,

Confira as

Últimas notícias

Nota de pesar - Yara Fischer Springmann

A ACIJS, representada por sua Diretoria. Conselho Superior e Empresas Associadas, expressa o sentimento de pesar da classe empresarial de Jaraguá do Sul diante do

Ação Social do Núcleo de Voluntariado leva alegria a crianças no Natal

Iniciativa beneficiou crianças assistidas pelo programa Novos Caminhos e também menores da comunidade haitiana do Bairro Vieiras

NOTA OFICIAL – A favor da moralidade, contra o aumento de gastos públicos

Entidade se alinha a manifestações de setores representativos do meio empresarial e da sociedade civil diante de medidas que comprometem a gestão de recursos públicos

ACIJS vê legitimidade em manifestações por mais recursos a rodovias

Entidades representativas do setor produtivo têm atuado no sentido de assegurar continuidade de obras de infraestrutura

NOTA OFICIAL - Fundo Eleitoral 2022

Com a decisão de senadores e deputados federais, Fundo Eleitoral pode utilizar até R$ 5,7 bilhões de recursos públicos, em 2022

Jaraguá do Sul é a primeira cidade de SC a integrar rede nacional de 5G

Projeto vai permitir a aplicação de tecnologia inédita, com a instalação de redes de 5G por meio da integração de antenas às luminárias inteligentes

“Desafio é recuperar posição de destaque de Jaraguá na economia do estado”, diz prefeito Antídio, na ACIJS

Encontro Empresarial marcou encerramento da agenda de plenárias da entidade em 2021

ACIJS inicia campanha de incentivo à segunda dose de vacina contra a Covid-19

Ação busca envolver a comunidade no esforço para que o ciclo de imunização contra a Covid-19 seja completo

Alta de juros era aguardada, mas decisão pode afetar recuperação econômica, avaliam entidades

Sétimo aumento seguido dos juros pode inibir capacidade de reação de empresas no pós-pandemia, temem especialistas

Câmara Federal aprova projeto que municipaliza regras de proteção de rios em áreas urbanas

Projeto de Lei que regulamenta ocupação de áreas próximas a rios nos municípios agora aguarda sanção presidencial

You must login to view your message.
Redefinir senha Cadastrar