Jaraguá do Sul recebe evento internacional de inovação da prática jurídica

Jaraguá do Sul está no roteiro do Global Legal Hackathon, evento internacional que ocorre simultaneamente em várias regiões do planeta, de 22 a 24 de fevereiro de 2019. Mais de 5.000 participantes devem participar do projeto, apresentando ideias de soluções jurídicas baseadas em tecnologia, submetidas a um painel de jurados. Ao final, após outras etapas, haverá o evento de gala em maio com as melhores ideias sendo premiadas mundialmente.

Detalhes do evento foram apresentados na manhã desta quarta-feira (23) no Novale Hub – Centro de Inovação Jaraguá do Sul, onde a atividade ocorrerá. O Global Legal Hackathon envolverá três etapas, sendo uma delas local e duas globais. Serão 54 horas de maratona ocorrendo simultaneamente em mais de 60 países – no Brasil, além de Jaraguá, o evento acontecerá em Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Florianópolis e em Balneário Camboriú.

O GLH é uma iniciativa que busca engajar operadores do direito de diversas carreiras, além de acadêmicos de instituições de ensino, profissionais, empreendedores e qualquer pessoa interessada no desenvolvimento de soluções inovadoras, incrementais ou revolucionárias que impactem positivamente no ecossistema da justiça. No município, a expectativa é reunir entre 100 e 120 participantes que acompanharam a agenda de trabalhos no Centro de Inovação.

O presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Jaraguá do Sul, Gustavo Pacher, destaca que a ideia é dar oportunidade a talentos que gerem soluções para a modernização da prática jurídica. “É uma iniciativa de fomento à adoção de tecnologias inovadoras para o Judiciário, Ministério Público, administração pública e na advocacia em geral em relação à simplificação e dinamização de processos e procedimentos capazes de facilitar o acesso à justiça e à administração pública em geral pela sociedade”.

Anselmo Ramos, presidente da ACIJS e do Novale Hub acentua a importância da integração entre a tecnologia e a área jurídica. O empresário diz que esta será uma grande oportunidade para os desenvolvedores de soluções na região, confirmando a vocação local para o empreendedorismo e o desenvolvimento tecnológico.

Participando do lançamento do evento, o prefeito Antídio Lunelli e o presidente da OAB de Santa Catarina, Rafael Horn, também destacaram a qualidade do Global Legal Hackathon.

A iniciativa de realizar a edição local do GLH é da OAB/SC, com apoio da Prefeitura, ACIJS, APEVI, Novale Hub, CMC, Belluno, Spin e Socoob. Informações estão disponíveis no www.novalehub.com.br/glh.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *