aaa

Jaraguá do Sul é destaque no SC Mais Segura, encontro estadual que discute segurança pública

Anselmo Ramos destacou que sensação de segurança é fator determinante para que a comunidade se desenvolva com mais qualidade de vida

A sinergia entre a classe empresarial e segmentos organizados da sociedade civil com as instituições que atuam na área da segurança pública em Jaraguá do Sul foi destaque no 1º Encontro Estadual de Segurança “SC mais Segura”, evento realizado em Florianópolis nesta quarta-feira, 11.

“Esperamos os senhores empresários de braços abertos, mas com muros fechados”, disse o presidente da ACIJS e do Centro Empresarial, Anselmo Luiz Jorge Ramos, ao término de apresentação do case de Jaraguá do Sul que destacou os resultados obtidos graças ao trabalho integrado entre PM, sociedade civil e poder público, que posicionou Jaraguá do Sul entre as cidades mais seguras do Brasil.

O encontro foi organizado pela FACISC – Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina e reuniu lideranças do setor produtivo de várias regiões do Estado e do Brasil, representantes dos governos federal e estadual, e convidados em torno do tema e discutir caminhos para melhorar os indicadores de segurança pública. A experiência de Jaraguá do Sul foi apresentada pelo comandante da 12a Região de Polícia Militar, coronel Amarildo de Assis Alves, e pelo comandante do 14o Batalhão, tenente-coronel Marcio Reisdorfer.

Anselmo Ramos lembrou que há mais de 20 anos a comunidade de Jaraguá do Sul participa ativamente em favor das instituições de segurança pública, “o que tem assegurado mais importante resultado, que é a sensação de segurança fundamental para que tenhamos uma cidade melhor para as nossas famílias e um ambiente favorável para que as nossas empresas se destaquem e a região se desenvolva com sustentabilidade econômica e social”. O presidente da ACIJS convidou empresários presentes para que conheçam Jaraguá do Sul e disse que a cidade oferece excelentes oportunidades de investimentos.

Para o presidente da Facisc, Jonny Zulauf, para melhorar a segurança é preciso que se amplie a discussão sobre o tema. “Precisamos falar sobre o combate à criminalidade, mas também precisamos aprimorar a segurança digital, de informação, atualizar a legislação processual, para buscarmos garantir um ambiente mais harmonioso e confiável para nossos negócios e oportunizar o crescimento da competitividade catarinense”.

Para o comandante geral da Polícia Militar e secretário de Estado da Segurança Pública SC, Coronel Araújo Gomes, a importância do evento está relacionada a promoção de um diálogo permanente da sociedade, por meio da articulação pública/privada com ênfase na disseminação de práticas sustentáveis e inovadoras para a gestão pública da segurança. “A aliança entre a Classe Produtivas e os Órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública, impulsionam o envolvimento da sociedade e das autoridades públicas, proporcionando a multiplicação de cases de sucessos, como a contínua redução dos indicadores de criminalidade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *