aaa

ACIJS muda diretoria com olhar para a economia criativa e na qualificação de empreendedores

A Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (ACIJS) realizou na noite desta segunda-feira (17) Assembleia Geral Ordinária de eleição da nova diretoria para o período 2020-2021 e apresentação do relatório da diretoria na gestão 2018-2020 >> Confira a íntegra do Balanço Social acessando https://bit.ly/2VDFF8k.

Luis Hufenüssler Leigue, que ocupava a vice-presidência de Marketing na diretoria que encerra a atual gestão, assume o comando da entidade fundada em 1938. A posse da diretoria vai acontecer no próximo dia 27 de fevereiro, no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul – o mandato é de um ano com possibilidade de extensão pelo mesmo período.

Luis Hufenüssler Leigue é diretor da agência de comunicação CMC e empreendedor em outras áreas de negócios, como inovação e serviços. Aos 36 anos, afirma que a nova gestão dará continuidade ao planejamento estratégico que tradicionalmente é renovado pela entidade empresarial e está apoiado em três eixos centrais – fortalecimento do associativismo, na representatividade do setor produtivo junto ao poder público e na articulação com outros setores da sociedade, e na sustentabilidade para a oferta de serviços que oportunizem aos associados a melhoria da gestão em um ambiente de negócios competitivo.

“É um desafio que encaramos como proposta de renovação, não em relação ao que historicamente é feito com maestria pela entidade. Mas uma renovação de ideias que não abandonam os valores formados ao longo da história da ACIJS e a sua estrutura, mas sim que considere que é preciso sempre buscar inovações, com novas portas para o associado, com a classe empresarial e com a comunidade”, assinala. Como entidade empresarial, entende, a ACIJS assume cada vez mais seu papel como hub de inovação – ou como centro de convergência – na conexão com outros setores, com isto podendo oferecer melhor valor e soluções que auxiliem o associado na tomada de decisões.

“Estamos em tempos de descobertas destes novos caminhos. Temos os pilares que formam a nossa base, são valores que seguimos e que sustentam a entidade há mais de oito década, mas por outro lado lidamos com uma nova economia com modais diferentes daqueles que tradicionalmente tínhamos na indústria, no comércio e nos serviços. Agora, eles têm foco na inovação do conhecimento, na criatividade e na economia circular como motores de um novo modelo de empreendedorismo que nos possibilita maior sustentabilidade e no empoderamento econômico. Esta nova economia deve considerar todos os aspectos de diversidade, de credo e de outras características das pessoas, mas também deve respeitar as diferentes formas de negócios. A ACIJS está aberta a estes novos cenários, sem perder o vínculo histórico com matrizes econômicas que fizeram a economia da região ser tão forte e que continuam sendo importantes até mesmo para o fortalecimento deste novo modelo”, argumenta Luis Hufenüssler Leigue, que também passa a presidir o CEJAS – formado por ACIJS, APEVI, CDL e Sindicatos de Indústrias.

Entidade quer dar ênfase à educação executiva

Uma das novidades que a nova diretoria pretende colocar em prática foi apresentada pelo presidente eleito. “A plataforma In Rede será uma ferramenta que reunirá produtos e soluções já existentes, mas com uma nova dinâmica, integrada a projetos diferenciados que, reorganizados, trarão maior valor agregado aos associados. Neste modelo, os núcleos empresariais passam a ter um papel ainda mais relevante na medida em que passam a ser a porta de entrada para que o associado esteja cada vez mais integrado com a entidade”.

Estruturada há alguns meses pela atual gestão, com o envolvimento das vice-presidências de Desenvolvimento Empresarial, Marketing, Relações Institucionais e de Núcleos Empresariais, a plataforma tem como uma das ações iniciais o programa Mentoria Empreendedora, que em fevereiro concluiu o seu módulo-piloto. O programa possibilita ao empreendedor que muitas vezes inicia o seu negócio de maneira incipiente, ou em outras vezes embora já atue no mercado há mais tempo sem uma capacitação que o ajude a enfrentar dificuldades do dia a dia, diagnósticos que auxiliarão na gestão.

“A ideia é permitir com este primeiro diagnóstico, que o empreendedor conheça o seu próprio perfil, para depois receber a orientação de empresários de reconhecida experiência e de envolvimento com a sociedade em diferentes áreas, como mentores que ajudarão no desenvolvimento pessoal do associado e de seu empreendimento”, pontua o empresário. Paralelo a esta modalidade de capacitação, a ACIJS contará com uma curadoria na área de educação executiva, com a parceria de instituições de renome nacional e internacional. A entidade já mantém programas de educação corporativa com instituições locais, mas a meta é ampliar o alcance seja ofertando cursos de graduação e de especialização, seja por meio de cursos livres acessíveis a todo o quadro de associados. “É uma forma de gerar valor que irá fortalecer ainda mais todos os esforços que já são feitos visando sempre a melhoria do ambiente de negócios para as empresas da região”.

Outra frente anunciada pela nova diretoria vai intensificar Grupos de Trabalho formados pela atual gestão em áreas como a da infraestrutura, dando atenção a questões como a duplicação da BR-280 e na reconstrução e melhoramento da SC-108, na questão com o apoio a entidades que buscam a inserção de pessoas com deficiências no mercado de trabalho, e na desburocratização através de flexibilização de legislações, no destravamento de regras que atrapalham o empresariado e de mudança nos mecanismos de arrecadação para que a carga tributária seja coerente ao momento atual da economia. “É preciso estimular os empreendedores e não criar obstáculos ao desenvolvimento de negócios. Junto com o poder público em todas as esferas e ao lado de outras entidades representativas, a diretoria continuará realizando esforços na direção do desenvolvimento com sustentabilidade”, completa Luis Leigue.

Valores da entidade são perenes, afirma Anselmo Ramos

Para o atual presidente, Anselmo Luiz Jorge Ramos, o período em que esteve à frente da entidade coincidiu com mudanças no cenário econômico e político do País que exigiram maior atenção da diretoria.

“São mudanças que nos impõe novas formas de relacionamento no mercado e com o mundo do trabalho, que exigiram um entendimento entre trabalhadores e empregadores, além de novas regulamentações, de entendermos que o Brasil se insere cada vez mais em um ambiente que traz dificuldades e ao mesmo tempo oportunidades”, avalia Ramos.

Na opinião do empresário, a ACIJS cumpre o papel de entender o mercado e reage para que as empresas estejam preparadas para enfrentar as mudanças. Ele enfatiza que embora a economia apresente novidades, a ACIJS não altera os princípios de defesa da livre iniciativa, de fomento ao empreendedorismo com responsabilidade social e de engajamento às questões sociais.

“Este novo olhar que exige que sejamos cada vez mais criativos, de reorganização de processos e otimização de recursos, não altera os valores culturais de uma entidade como a ACIJS, como nas questões de ética empresarial, no bom relacionamento com outros setores da sociedade e na busca de mais qualidade para a comunidade”.

Diretoria e Núcleos Empresariais reúnem nova geração de empreendedores

Uma das características acentuadas nas gestões que comandam a ACIJS é a renovação de lideranças e sua integração com empresários mais experientes. Na gestão 2020-2021 esta marca também está presente na composição da diretoria executiva e na coordenação de Núcleos Empresariais. A posse conjunta ocorre no dia 27 de fevereiro (quinta-feira), às 19h30, no Centro Empresarial.

Diretoria

Presidente: Luis Hufenüssler Leigue
Vice-presidente administrativa e financeira: Ana Clara Franzner Chiodini
Vice-presidente de articulação institucional: Daniel Marteleto Godinho
Vice-presidente da comunidade: Caroline Elisa Obenaus Cani
Vice-presidente de desenvolvimento empresarial: Adriana Stahelin
Vice-presidente da segurança: Luiz Carlos Buzzarello
Vice-presidente de micro e pequenas empresas: Diego Bogo
Vice-presidente de Núcleos Empresariais: Samuel Piazera Taranto
Vice-presidente de marketing: Daniel de Assis Pereira Maffezzolli

Núcleos Empresariais

Paulo Geovani Manfrini (Automecânicas), Rodrigo Boscani (Cervejarias), Paulo Francis de Oliveira (Concessionárias de veículos), Elisiane de Souza Chiodini (Gastronomia), Sahra Schiva Agostini Muhlbauer (Gestão e Qualidade), Cintia Buzian (Hospitalidade), Julio Cesar Jesus (Jovens Empreendedores), Julia Bruch Ramos (Loteadoras), Jackson Malvino Moreira (Marketing e comunicação), Anderson Luís Castagnoli (Metalmecânica), Kelly de Moraes (Mulheres Empreendedoras), Valdemir Michels (Panificação e confeitaria), Carla Viviane Cruz (Saúde e bem-estar), Arduino Martins (Segurança e saúde no trabalho), Rafael Mokwa (Terraplenagem) e Cleyton Stassun (Transportadoras).

>>> Informações e reservas de credenciais para a posse podem ser obtidas pelo telefone (47) 3275-7059 e pelo e-mail [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *