Notícias 13 set, 18

Parceria entre a Federação das Indústrias de Santa Catarina, ACIJS e Prefeitura, o programa “Jaraguá Mais Saudável” foi apresentado na […]

Programa “Jaraguá Mais Saudável” quer elevar indicadores de qualidade de vida e longevidade

Parceria entre a Federação das Indústrias de Santa Catarina, ACIJS e Prefeitura, o programa “Jaraguá Mais Saudável” foi apresentado na manhã desta quinta-feira (13) durante café da manhã que reuniu lideranças no auditório do SESI.

Trata-se de uma iniciativa pioneira no Estado com o objetivo de elevar indicadores de qualidade de vida que, a longo prazo, pode resultar em uma população mais longeva, como resultado de ações focadas no estímulo a práticas saudáveis.

A divulgação do programa contou com a presença do presidente da FIESC, Mário Cezar de Aguiar, e do superintendente do SESI em Santa Catarina, Fabrizio Machado Pereira.

 

“O trabalho a que essas entidades se propõem envolve um conjunto de atividades coletivas e individuais de promoção da saúde e da qualidade de vida. As ações compreendem o monitoramento de indicadores municipais de saúde e a ampla disseminação de informações sobre o tema, para embasar decisões e estratégias a serem adotadas pelas empresas, poder público e também pelos cidadãos”
Mário Cezar de Aguiar, presidente da FIESC, ressaltando a união de segmentos organizados em torno do propósito de criar as condições apropriadas para que a população de Jaraguá do Sul tenha uma vida mais saudável.

 

Conforme o diretor regional do SESI, Jefferson Galdino, o programa vem mobilizando as entidades há algum tempo e tem previsão de 4 anos para estar totalmente implementado.

“Percebemos que a cidade já concentra uma série de ações que precisam tão somente serem organizadas de maneira articulada. A ideia é engajar as pessoas e valorizar as boas práticas, em torno de hábitos saudáveis, e que isto reflita numa cidade que possa ser referência quando se fala em qualidade de vida”.

 

“É uma proposta colaborativa em que toda a sociedade poderá contribuir com sugestões, mas também ajudando a disseminar o conceito que o programa quer alcançar”
Jefferson Galdino, diretor regional do SESI, destacando a importância do envolvimento da comunidade.

 

A partir do envolvimento de um pequeno comitê que nos últimos meses definiu o conceito e a identidade visual do programa – doação do artista plástico Luciano Martins -, o “Jaraguá Mais Saudável” inicia uma etapa de sensibilização de lideranças, até a apresentação oficial à comunidade no primeiro semestre de 2019.

A partir do projeto-piloto, a ideia poderá ser levada pelo SESI a outras regiões de Santa Catarina com a denominação “Cidade Mais Saudável”.

“O que está sendo construído é um programa que tem a sua base na comunidade, em que pese considerar um modelo internacional, que está sendo pensado e planejado em Jaraguá do Sul”, disse Fabrizio Machado Pereira.

Giuliano Donini, ex-presidente da ACIJS e conselheiro estadual do SESI, acredita que a motivação e envolvimento da comunidade se dará na medida em que os benefícios forem percebidos.

“Quando se entende a iniciativa sob a perspectiva de uma visão sistêmica na qual as pessoas se percebem envolvidas com o objetivo maior do programa, independente do segmento que se represente e pensando coletivamente este engajamento acontece de fato”
Giuliano Donini, ex-presidente da ACIJS e conselheiro do SESI/SC, assinalando a importância da sociedade perceber os benefícios da iniciativa e se engajar

 

O presidente da ACIJS, Anselmo Ramos, diz que a entidade atuará no sentido de mobilizar o setor produtivo, e reforça a importância de o poder público pensar o programa como ação de Estado e não de governo.

“Historicamente a classe empresarial sempre esteve alinhada ao propósito de termos uma comunidade que busque o melhor para a cidade. Temos naturalmente um ambiente propício para o sucesso desta aliança de entidades, trabalhando para que este possa ser um projeto de Estado e não de governo, de maneira que ele não seja interrompido por uma mudança de administração e sim perdure como um projeto da comunidade”
Anselmo Ramos, presidente da ACIJS, salientando a necessidade do projeto ser assumido pelo poder público como projeto de Estado.

Para marcar o lançamento do programa, foi assinado um Protocolo de Intenções entre ACIJS, Prefeitura e SESI com o objetivo de colaboração mútua no sentido de buscar o engajamento de outros setores da comunidade.



Confira as

Últimas notícias

Nota de pesar - Yara Fischer Springmann

A ACIJS, representada por sua Diretoria. Conselho Superior e Empresas Associadas, expressa o sentimento de pesar da classe empresarial de Jaraguá do Sul diante do

Ação Social do Núcleo de Voluntariado leva alegria a crianças no Natal

Iniciativa beneficiou crianças assistidas pelo programa Novos Caminhos e também menores da comunidade haitiana do Bairro Vieiras

NOTA OFICIAL – A favor da moralidade, contra o aumento de gastos públicos

Entidade se alinha a manifestações de setores representativos do meio empresarial e da sociedade civil diante de medidas que comprometem a gestão de recursos públicos

ACIJS vê legitimidade em manifestações por mais recursos a rodovias

Entidades representativas do setor produtivo têm atuado no sentido de assegurar continuidade de obras de infraestrutura

NOTA OFICIAL - Fundo Eleitoral 2022

Com a decisão de senadores e deputados federais, Fundo Eleitoral pode utilizar até R$ 5,7 bilhões de recursos públicos, em 2022

Jaraguá do Sul é a primeira cidade de SC a integrar rede nacional de 5G

Projeto vai permitir a aplicação de tecnologia inédita, com a instalação de redes de 5G por meio da integração de antenas às luminárias inteligentes

“Desafio é recuperar posição de destaque de Jaraguá na economia do estado”, diz prefeito Antídio, na ACIJS

Encontro Empresarial marcou encerramento da agenda de plenárias da entidade em 2021

ACIJS inicia campanha de incentivo à segunda dose de vacina contra a Covid-19

Ação busca envolver a comunidade no esforço para que o ciclo de imunização contra a Covid-19 seja completo

Alta de juros era aguardada, mas decisão pode afetar recuperação econômica, avaliam entidades

Sétimo aumento seguido dos juros pode inibir capacidade de reação de empresas no pós-pandemia, temem especialistas

Câmara Federal aprova projeto que municipaliza regras de proteção de rios em áreas urbanas

Projeto de Lei que regulamenta ocupação de áreas próximas a rios nos municípios agora aguarda sanção presidencial

You must login to view your message.
Redefinir senha Cadastrar