Notícias 18 set, 19

A secretária de Assistência Social e Habitação Maria Santin Camello se reuniu recentemente com a diretoria da ACIJS para uma […]

Município busca estímulo à participação da comunidade em projetos sociais apoiados por leis de incentivo

No encontro, representantes da administração municipal apresentaram dados sobre o desenvolvimento de vários projetos sociais apoiados com base em leis de incentivo fiscal

A secretária de Assistência Social e Habitação Maria Santin Camello se reuniu recentemente com a diretoria da ACIJS para uma apresentação de resultados que o município vem obtendo por meio de repasses de pessoas físicas e jurídicas a projetos apoiados por leis de incentivo.

Acompanhada por Graciane Macedo e Caroline Bittencourt Goularte, secretária executiva e assessora técnica do Setor de Controle Social, ligado à Secretaria, Maria Santin explicou que a administração municipal busca apoio das entidades que representam setores organizados na sociedade para estimular mais contribuintes a fazerem uso da renúncia fiscal.

No encontro, foram apresentados balanços de contribuições a projetos ligados ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), com base no Fundo Municipal dos Direitos para a Criança e Adolescente (FMDCA), e ao Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI), respaldados no Fundo Municipal dos Direitos do Idoso (FMDI).

Em 2018, entre ações desenvolvidas pelo poder público municipal e por organizações não governamentais, o volume de recursos investidos somou pouco mais de R$ 3,1 milhões, beneficiando mais de 50 mil crianças, adolescentes e idosos em projetos de inclusão por meio da cultura, esporte, lazer, educação, saúde e assistência social. Em 2019, esta participação já soma mais de R$ 13 milhões que beneficiaram cerca de 179 mil pessoas. Atualmente, além dos recursos já aplicados, as duas áreas de atenção social dispõem como reserva R$ 5,6 milhões, valores que a partir da captação com base na legislação podem chegar a mais de R$ 15 milhões.

Segundo a secretária, tem havido um retorno muito positivo, mas a expectativa é de que esta participação da sociedade apoiando projetos elaborados pelas entidades melhore e se possa atender muito mais pessoas que são beneficiárias destas ações. O Setor de Controle Social, explica Maria Santim, é a instância de apoio aos conselhos municipais vinculados à secretaria, atuando no incremento dos projetos junto à sociedade. “É muito importante que as entidades elaborem projetos para a captação de recursos com base nas legislações específicas”, assinala Maria Santin.

Ela disse que o município tem procurado motivar as empresas a investirem em iniciativas locais através de doações como pessoas jurídicas e também os contribuintes individualmente como pessoa física. Conforme levantamentos, atualmente cerca de 70% dos recursos aplicados em projetos sociais no município são oriundos de contribuições no município, que tem potencial de doação superior a R$ 2 milhões por ano, mas muitos contribuintes ainda não fazem uso do benefício da renúncia fiscal e boa parte deste volume acaba indo para os cofres do governo federal. Além da apresentação, como forma de prestação de contas, que a Secretaria de Assistência Social realiza, a ideia é envolver os escritórios de contabilidade para que orientem seus clientes quanto às leis existentes e formas de apoio aos projetos mantidos na comunidade.

Para o presidente da ACIJS e do Centro Empresarial, Anselmo Luiz Jorge Ramos, o esforço da administração em buscar maior incentivo a projetos sociais é significativo para o incremento de atividades em várias áreas. Ele disse que a entidade apoia o movimento, lembrando que a ACIJS é parceira de iniciativas como o Fundo Social, mantido pela FIESC e formado por um grupo de trabalho que atua no sentido de incrementar o setor. A ACIJS estuda, inclusive, alternativas para incentivar as empresas associadas a fazerem a contribuição a projetos onde há possibilidade de renúncia fiscal abatendo os valores do imposto devido.

>> Atualmente são 6 leis federais que podem ser utilizadas com dedução de até 9% do valor devido, podendo ao doador, inclusive, distribuir o percentual a diferentes iniciativas até chegar ao máximo:

Lei Rouanet de Incentivo à Cultura (4%)

Fundo da Infância e Adolescência (1%)

Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica – Pronon (1%)

Programa Nacional à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência – Pronas (1%)

Lei de Incentivo ao Esporte (1%)

Fundo Nacional do Idoso (1%).



Confira as

Últimas notícias

Nota de pesar - Yara Fischer Springmann

A ACIJS, representada por sua Diretoria. Conselho Superior e Empresas Associadas, expressa o sentimento de pesar da classe empresarial de Jaraguá do Sul diante do

Ação Social do Núcleo de Voluntariado leva alegria a crianças no Natal

Iniciativa beneficiou crianças assistidas pelo programa Novos Caminhos e também menores da comunidade haitiana do Bairro Vieiras

NOTA OFICIAL – A favor da moralidade, contra o aumento de gastos públicos

Entidade se alinha a manifestações de setores representativos do meio empresarial e da sociedade civil diante de medidas que comprometem a gestão de recursos públicos

ACIJS vê legitimidade em manifestações por mais recursos a rodovias

Entidades representativas do setor produtivo têm atuado no sentido de assegurar continuidade de obras de infraestrutura

NOTA OFICIAL - Fundo Eleitoral 2022

Com a decisão de senadores e deputados federais, Fundo Eleitoral pode utilizar até R$ 5,7 bilhões de recursos públicos, em 2022

Jaraguá do Sul é a primeira cidade de SC a integrar rede nacional de 5G

Projeto vai permitir a aplicação de tecnologia inédita, com a instalação de redes de 5G por meio da integração de antenas às luminárias inteligentes

“Desafio é recuperar posição de destaque de Jaraguá na economia do estado”, diz prefeito Antídio, na ACIJS

Encontro Empresarial marcou encerramento da agenda de plenárias da entidade em 2021

ACIJS inicia campanha de incentivo à segunda dose de vacina contra a Covid-19

Ação busca envolver a comunidade no esforço para que o ciclo de imunização contra a Covid-19 seja completo

Alta de juros era aguardada, mas decisão pode afetar recuperação econômica, avaliam entidades

Sétimo aumento seguido dos juros pode inibir capacidade de reação de empresas no pós-pandemia, temem especialistas

Câmara Federal aprova projeto que municipaliza regras de proteção de rios em áreas urbanas

Projeto de Lei que regulamenta ocupação de áreas próximas a rios nos municípios agora aguarda sanção presidencial

You must login to view your message.
Redefinir senha Cadastrar