Notícias 01 ago, 18

A falta de linhas de crédito com juros mais acessíveis e o excesso de burocracia são alguns dos principais obstáculos […]

Crédito e burocracia são os principais desafios para micros e pequenas empresas, avalia FAMPESC

A falta de linhas de crédito com juros mais acessíveis e o excesso de burocracia são alguns dos principais obstáculos para a sustentabilidade de pequenos negócios. A afirmação foi feita por Alcides Andrade, presidente da Federação das Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (FAMPESC), durante palestra na plenária da ACIJS e APEVI na segunda-feira, dia 30, no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul.

O empresário falou sobre os avanços e desafios para o segmento, que hoje é um dos principais empregadores do Estado, diante de um cenário de desaquecimento da economia. “A grande maioria das pequenas empresas não consegue crescer ou fica no meio do caminho e permanece cumprindo a sua função social de gerar emprego, mas sem maiores perspectivas de se tornarem grandes”, comentou Alcides. Este quadro é fruto, ressalta, da ausência de políticas públicas que de fato estimulem o desenvolvimento das MPEs.

O presidente da FAMPESC lembrou que a Constituição Federal estipula que as micros e pequenas empresas devem receber tratamento diferenciado e favorecido, seja na concessão de crédito, seja na flexibilização da legislação. Porém, na prática não é isto que ocorre.

“Mais de 60% dos empregos em Santa Catarina são gerados pelas micros e pequenas empresas, mas, ainda assim, o setor se ressente de melhor atenção. Num momento como este em que a empresa brasileira precisa investir na inovação e alcançar maior competitividade, o segmento é estratégico para a retomada do crescimento econômico com sustentabilidade”.

Alcides Andrade assinala que as empresas, de modo geral, convivem com os efeitos de uma instabilidade política e econômica, com insegurança jurídica e um mercado sem poder de crescimento. “Neste cenário, as grandes empresas têm mais possibilidades de reagir à crise, enquanto as pequenas sofrem os efeitos de maneira mais direta, enfrentando a burocracia, dificuldades de investimentos e uma baixa educação formal de seus trabalhadores, o que a impede de melhorar qualificação de seus produtos e serviços”.



Confira as

Últimas notícias

Nota de pesar - Yara Fischer Springmann

A ACIJS, representada por sua Diretoria. Conselho Superior e Empresas Associadas, expressa o sentimento de pesar da classe empresarial de Jaraguá do Sul diante do

Ação Social do Núcleo de Voluntariado leva alegria a crianças no Natal

Iniciativa beneficiou crianças assistidas pelo programa Novos Caminhos e também menores da comunidade haitiana do Bairro Vieiras

NOTA OFICIAL – A favor da moralidade, contra o aumento de gastos públicos

Entidade se alinha a manifestações de setores representativos do meio empresarial e da sociedade civil diante de medidas que comprometem a gestão de recursos públicos

ACIJS vê legitimidade em manifestações por mais recursos a rodovias

Entidades representativas do setor produtivo têm atuado no sentido de assegurar continuidade de obras de infraestrutura

NOTA OFICIAL - Fundo Eleitoral 2022

Com a decisão de senadores e deputados federais, Fundo Eleitoral pode utilizar até R$ 5,7 bilhões de recursos públicos, em 2022

Jaraguá do Sul é a primeira cidade de SC a integrar rede nacional de 5G

Projeto vai permitir a aplicação de tecnologia inédita, com a instalação de redes de 5G por meio da integração de antenas às luminárias inteligentes

“Desafio é recuperar posição de destaque de Jaraguá na economia do estado”, diz prefeito Antídio, na ACIJS

Encontro Empresarial marcou encerramento da agenda de plenárias da entidade em 2021

ACIJS inicia campanha de incentivo à segunda dose de vacina contra a Covid-19

Ação busca envolver a comunidade no esforço para que o ciclo de imunização contra a Covid-19 seja completo

Alta de juros era aguardada, mas decisão pode afetar recuperação econômica, avaliam entidades

Sétimo aumento seguido dos juros pode inibir capacidade de reação de empresas no pós-pandemia, temem especialistas

Câmara Federal aprova projeto que municipaliza regras de proteção de rios em áreas urbanas

Projeto de Lei que regulamenta ocupação de áreas próximas a rios nos municípios agora aguarda sanção presidencial

You must login to view your message.
Redefinir senha Cadastrar