APEVI comemora 33 anos de atuação pelo fortalecimento do empreendedorismo regional

Fundada em 10 de setembro de 1985, por iniciativa de empresários do ramo metal mecânico por meio do Sindicato Patronal que representava o segmento na época. A iniciativa contou desde o primeiro momento com o apoio da ACIJS, naquele período sob a presidência do empresário Vicente Donini. Quando surgiu, a entidade teve a denominação de AMEVI – Associação de Micro Empresas, assumindo anos depois a atual denominação e integrando micro e pequenas empresas e empreendedores individuais do Vale do Itapocu, com um quadro associativo em parceria com a ACIJS e fazendo parte ao lado da Câmara de Dirigentes Lojistas do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul.

Marciano Alves, presidente da APEVI (foto), destacou na plenária realizada no dia 10 que a entidade, mesmo se renovando a cada dia mantém o propósito de defender e apoiar o fomento de negócios de empresários deste segmento que responde no Brasil por mais de 90% da economia.

Ressalta a missão de fomentar a auto-sustentação do ambiente no qual se insere a micro e pequena e empresa e mais recentemente, com o surgimento da figura jurídica do Micro Empreendedor Individual, também esta categoria de atividade econômica. “Isto se dá pela representatividade, pela melhoria da gestão e na indução de negócios, com ações que fazem parte do nosso DNA e reforçadas diariamente, com o objetivo de cumprirmos a missão da entidade de ser excelência no estado no apoio à micro e pequena empresa”.

Além das atividades rotineiras de capacitação e de auxílio ao desenvolvimento do segmento através da realização de feiras e de eventos voltados à qualificação empresarial, busca o fortalecimento da representatividade por meio do engajamento à Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Fampesc), apoio mobilizações do setor produtivo por menos burocracia, flexibilização da carga tributária conforme preconiza a Constituição Federal de tratamento diferenciado e favorecido às micro e pequenas empresas. Assim, como nas iniciativas ao lado das demais entidades que formam o CEJAS, e na articulação com o meio associativista do Vale do Itapocu, principalmente na defesa de menos impostos e mais transparência na política pública.

Os presidentes da ACIJS e da CDL, Anselmo Ramos e Gabriel Seifert, além dos ex-presidentes da entidade Leandro Schmöckel Gonçalves e Márcio Manoel da Silveira, e outras lideranças do município, também destacaram a trajetória da APEVI e sua importância no contexto social e econômico do município e região.

Após a plenária conjunta com a ACIJS, a APEVI recepcionou os presentes com um coquetel no salão de eventos Rodolfo Hufenüssler.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *