Notícias 25 jul, 21

Presidente da ACIJS destaca mobilização da comunidade como diferencial histórico do município

145 anos de Jaraguá: Ações articuladas são decisivas no enfrentamento da pandemia

A união de esforços e a cooperação foram a principais armas de Jaraguá do Sul no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Para o presidente da ACIJS e do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, Luis Hufenüssler Leigue, os resultados que o município vem alcançando no enfrentamento à pandemia se deve à assertividade na tomada de decisões e na soma de esforços de vários segmentos que há mais de um ano atuam de maneira integrada.

O empresário observa que, embora se lamente a perda de vidas, a taxa de mortalidade do município em relação a cidades do mesmo porte populacional, somados aos percentuais de imunização na medida em que mais doses da vacina são colocadas à disposição, são referências de acertos mesmo diante de um cenário que ao mesmo tempo se mostrou novo para a sociedade quanto complexo.

A sinergia entre iniciativa privada, segmentos organizados da sociedade civil e poder público, opina o presidente da ACIJS, assegura uma perspectiva de que a continuação de esforços e o engajamento cada vez maior da população no respeito aos regramentos definidos nos protocolos de saúde, permitam ao município mitigar os impactos da pandemia na economia e no ambiente social.

“Se cada um fizer a sua parte, sempre teremos uma comunidade mais preparada para a superação de dificuldades por mais que o quadro se apresente difícil, e essa é uma marca histórica, uma característica da nossa cidade”, reitera Luis Leigue. Ele lembra que o papel da entidade sempre foi, desde as primeiras notícias sobre a chegada do coronavírus ao estado, de articular as ações que pudessem envolver o setor produtivo, sempre pensando de maneira proativa.

Uma das primeiras medidas nesse sentido foi a decisão de reunir várias frentes no dia 12 de março, buscando unificar o enfrentamento ao vírus. Nesta data, Santa Catarina registrava as primeiras confirmações de contágio pela doença que, no dia anterior, havia sido definida pela Organização Mundial da Saúde como situação de pandemia devido a ocorrências em vários países de todos os continentes.

Antes mesmo de ações do Governo do Estado em decretar em 17 de março o primeiro período de quarentena e as medidas de isolamento social, que depois se tornaram ainda mais restritivas a vários setores da sociedade, a ACIJS liderou a formação de um comitê microrregional e a criação da Central de Prevenção. Baseada em uma plataforma digital, a ferramenta mantém o objetivo de centralizar informações sobre a doença, disseminar medidas de orientação e reforçar os protocolos de segurança sanitária para empresas e comunidade.

Iniciativas como as plataformas Central de Prevenções e Jaraguá para Negócios, junto com a Central de Aquisições e Captações instalada no Centro Empresarial são exemplos de mobilização do setor produtivo diante da pandemia da Covid-19

Plataforma digital e transparência a informações

A plataforma www.centraldeprevencao.com.br reúne informações de órgãos públicos e da iniciativa privada, além de notícias da imprensa e dados fidedignos que combatem fake news, além de incluir práticas preventivas e de contenção adotadas pelas empresas locais. Além da ACIJS, estão integradas à plataforma o CEJAS (Centro Empresarial), ACIAG (Guaramirim), ACIAC (Corupá), ACIAM (Massaranduba), ACIAS (Schroeder), ABRH, Prefeitura, AMVALI, SCAR, Hospitais São José e Jaraguá, SESI, SENAI, SESC, Católica SC, entre outras entidades com apoio técnico da agência Oodles.

Consolidada a Central de Prevenção e com a criação do Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do COVID-19, por meio de portaria município, do qual a entidade faz parte, e com a Prefeitura coordenando as ações de enfrentamento da pandemia, a ACIJS também estruturou outras frentes. “Na linha de frente, integrando o comitê, a ACIJS participa diretamente da articulação com o Governo do Estado, o que permitiu estruturar o município em várias decisões”, assinala Luis Leigue.

Apoio na estruturação da rede de saúde

Em complemento às medidas tomadas pelo comitê, a ACIJS também adotou outras iniciativas. Uma das inovações foi a criação da Central de Captações e Aquisições, por meio da qual a entidade instituiu um fundo para angariar e gerir recursos financeiros que estão servindo para a compra de materiais utilizados pelos dois hospitais filantrópicos da cidade – São José e Jaraguá – buscando as melhores soluções para compra e na logística dos mesmos, bem como de itens físicos, direcionando-os de acordo com as necessidades elencadas pela área da saúde, como máscaras de proteção, equipamentos e outros materiais utilizados por médicos e profissionais que estão na linha de frente no combate ao vírus. Esta Central de Captações e Aquisição também deu apoio às empresas na aquisição de testes rápidos, buscando os melhores preços junto a fornecedores, adquirindo ou orientando nas compras, inclusive para Associações Empresariais de municípios da região, com isto estimulando uma ação mais ostensiva nos diagnósticos ao coronavírus e, assim, ampliando os níveis de prevenção.

Outra iniciativa, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas e apoio de outras entidades, viabilizou plataforma digital www.jaraguaparanegocios.com.br com o objetivo de subsidiar empreendedores com informações para a reativação da economia local. Junto a instituições de crédito, a ACIJS também atua na obtenção de recursos em linhas diferenciadas especialmente para capital de giro, e a esfera governamental a flexibilização de questões tributária e fiscal, entre outras ações.

Esse conjunto de providências tornou o município referência no Brasil porque permitiu à cidade minimizar de modo significativo os impactos da doença, com reflexos no quadro atual. É o caso dos protocolos nas empresas, que ajudaram muito a manter os indicadores em menores taxas em proporção ao número de habitantes, em comparação a cidades do mesmo porte. A inclusão dos trabalhadores da indústria, anunciada há alguns dias pelo estado, já vinha sendo articulada pela classe empresarial, corroborando a posição da entidade de que o ambiente industrial já vinha desde o início da pandemia tomando os cuidados necessários e seguindo as diretrizes dos órgãos de saúde.

“Como esse setor já vinha adotando as medidas sanitárias, e com o avanço da imunização nos demais grupos, isso gera um fato positivo se considerarmos que as indústrias e suas cadeias de negócios respondem por quase 50 mil pessoas. É um núcleo expressivo da população e sempre entendemos que seria natural pensar os trabalhadores da indústria como um grupo prioritário na imunização, que agora deve ser intensificada”, completa Luis Leigue.

>>> Reportagem especial destaca integração da comunidade

Reportagem especial no portal OCP News, fazendo referência aos 145 anos do município, ressalta a mobilização da comunidade desde os primeiros casos da doença no município. “Empresas reformularam suas linhas de montagem e desenvolveram soluções para o enfrentamento do vírus, entre ventiladores pulmonares de pequeno porte (pela Bold), readequação de parques fabris para produção de álcool gel, medida tomada pela WEG Tintas, e esforços unificados para produção de equipamentos médicos”, aponta a reportagem, que pode ser conferida em https://bit.ly/3i4qZK2.



Confira as

Últimas notícias

ACIJS se reúne com Badesc por mais acessibilidade a linhas de crédito

Presidente Luis Leigue enfatizou importância de maior facilidade no acesso de micro e pequenos negócios a linhas de crédito

NOTA DE PESAR - Renato Eugênio Trapp

Entidade manifesta pesar da classe empresarial

ACIJS reverencia 60 anos da WEG

Presidente Luis Leigue destacou importância do legado deixado por Werner Voigt, Eggon João da Silva e Geraldo Werninghaus

Evento online quer potencializar recursos de incentivos fiscais a projetos sociais em Santa Catarina

Objetivo do evento é disseminar importância de destinação de recursos com base em leis de incentivo a projetos que beneficiem as comunidades

Samae apresenta Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos à ACIJS

Entidade apoiará encaminhamento de formulário a empresas associadas, com o objetivo de definir gerenciamento de resíduos

Viver Jaraguá reúne especialistas para debate sobre potenciais turísticos

Iniciativa busca dar mais visibilidade ao turismo regional e fomentar o desenvolvimento econômico

Atualização de Instrução Normativa a Brigadas de Incêndio é tema de encontro no Centro Empresarial

Palestra "As mudanças na IN28 - Brigada de Incêndio: Atualização, vistoria e prazo para adequações" é uma iniciativa do Núcleo de Segurança e Saúde no Trabalho da ACIJS

Painel debate oportunidades e desafios com projetos de Parcerias Público-Privadas

Encontro apresentou oportunidades e desafios a serem superados para a viabilidade de mais investimentos em PPPs, com segurança jurídica

ACIJS cria Grupo de Trabalho para monitoramento de bloqueios em rodovias

Entidade fez encaminhamentos à autoridades para que circulação de veículos em rodovias seja assegurada

Jaraguá tem crescimento da população acima da média estadual, aponta IBGE

Levantamento indica que município segue como a oitava maior cidade de Santa Catarina

You must login to view your message.
Redefinir senha Cadastrar