Prefeitura implanta novo sistema de informações “GeoPortal”

Iniciativa trará mais agilidade para quem necessita de informações do município, afirma o secretário Eduardo Bertoldi

A Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Secretaria de Planejamento e Urbanismo e da Diretoria de Tecnologia da Informação da Secretaria da Administração, desenvolveram e estão apresentando um novo sistema de informações, chamado “GeoPortal”, com o objetivo de disseminar as informações cartográficas e do banco de dados, de maneira ágil e rápida, pela internet. A criação do GeoPortal iniciou em novembro de 2018, a partir de uma ideia fomentada entre os setores de Cadastro Técnico e de Geoprocessamento, como forma de agilizar os trabalhos prestados aos munícipes.

Segundo o secretário de Planejamento e Urbanismo, Eduardo Bertoldi, “este sistema será mais uma forma de desburocratizar os serviços, tornando a administração pública mais eficiente”. De acordo com ele, até então, o Setor de Cadastro recebe a consulta diária (presencial e por telefone) de profissionais das áreas de engenharia, arquitetura, topografia, corretores de imóveis, escritórios de contabilidade e demais pessoas que vêm buscar informações sobre imóveis. “O novo sistema beneficiará, princialmente, aquelas pessoas que se dirigem até a Prefeitura e que agora poderão consultar as informações através da Internet, além dos profissionais citados anteriormente”, complementa.

Para o presidente da ACIJS e do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, Anselmo Ramos, – que prestigiou a apresentação do GeoPortal –, a ferramenta facilitará o dia a dia dos profissionais do setor imobiliário e, indiretamente, beneficiará os munícipes e empresas. “É muito importante estas informações em tempo real, porque evita o deslocamento, organiza e agiliza o trabalho”, destaca Ramos, que é empresário deste segmento econômico. “A Prefeitura de Jaraguá do Sul está mostrando que dá para fazer. Essa ferramenta prova que Jaraguá do Sul pode fazer muito mais para o planejamento do município”, concluiu Ramos. O presidente da ACIJS destaca o empenho da administração municipal em atender um pleito antigo da classe empresarial e especialmente dos setores ativo da economia que necessitam destas informações.

Anselmo Ramos destaca que medida contribui com o momento em que o município busca sua expansão econômica

Acesso aos munícipes

O GeoPortal de Jaraguá do Sul tem como uma das características a facilidade de acesso, que pode ser feita através do site da Prefeitura. As formas de consulta, por exemplo, para pesquisa de imóveis, ocorrerão por cadastro de IPTU, por matrícula imobiliária, por rua e número, por condomínio e por loteamento. Outras formas de consultas são através de dados cadastrais, pesquisa de ruas e camadas de informações.

Também possibilitará a consulta de informações como: número de cadastro do IPTU; matrícula imobiliária; endereço ou localização geográfica; delimitação de lotes, condomínios; loteamentos, parcelamentos em aprovação e irregulares; área construída total e territorial; testada principal e total; localização e gabaritos de logradouros; dados de zoneamento urbano e escolar; evolução do perímetro urbano; mapa de enchentes; curvas de nível; mapas de riscos da Defesa Civil; imagens áreas e de satélites; Google Maps e OpenStreetMap; e outras diversas camadas de informação.

Eduardo Bertoldi destaca que o GeoPortal continuará em desenvolvimento, pois o objetivo é criar outras funcionalidades no futuro como: a automatização de emissão de documentos e relatórios; implantar o acesso online para consulta de viabilidade para construção; implantação de um Sistema de Geoprocessamento Corporativo; e desenvolver aplicativo em ambiente Mobile.

O GeoPortal foi construído através de plataformas livres, integrando os dados cartográficos com os dados tributários diretamente pela plataforma Web. Toda aplicação só foi possível devido a existência de uma base cartográfica consolidada (dbMapa). A implantação do sistema foi feita internamente, pelos próprios servidores do Cadastro Técnico, do Geoprocessamento e da Tecnologia da Informação – TI, sem nenhum custo ao Município.

Durante a apresentação à imprensa e profissionais liberais, na manhã desta sexta-feira (10), a Chefe de Gabinete da Prefeitura, Emanuela Wolff, agradeceu o esforço dos servidores públicos municipais que se empenharam na criação do sistema e gerando uma economia de aproximadamente R$ 200 mil, que é o valor médio para este tipo de contratação por meio de empresa privada. Já o secretário Bertoldi reforçou o pedido feito pelo prefeito Antídio Aleixo Lunelli de facilitar a vida da população e de quem quer empreender no município. [Com informações da Prefeitura de Jaraguá do Sul / Fotos Gabriel Vieira]

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *