Notícias 29 ago, 18

Estimular empresas, órgãos públicos e a sociedade, de maneira geral, ao desenvolvimento de ações de prevenção a acidentes no trabalho. […]

Programa nacional quer estimular mais segurança no trabalho

Estimular empresas, órgãos públicos e a sociedade, de maneira geral, ao desenvolvimento de ações de prevenção a acidentes no trabalho. Com este objetivo, o Tribunal Superior do Trabalho e o Conselho Superior da Justiça do Trabalho estão divulgando o programa “Trabalho Seguro”, apresentado nesta segunda-feira (27) na plenária da ACIJS e APEVI.

Conforme a juíza Adriana Custódio Xavier de Camargo, gestora auxiliar do programa junto ao Tribunal Regional do Trabalho, a iniciativa foi motivada pelo crescimento dos indicadores de segurança e saúde no trabalho e o custo que as ocorrências acarretam a sociedade. Somente em Santa Catarina, explicou a magistrada, em 9 anos o registro de auxílios-doença cresceu cerca de dois mil por cento. São 45 mil acidentes de trabalho, o equivalente a 5 vezes a Arena Jaraguá, comparou.

A juíza alerta que a questão envolvendo acidentes de trabalho e a saúde ocupacional é muito ampla e o assunto precisa cada vez mais entrar em uma pauta comum que una esforços do governo, da iniciativa privada e de setores organizados da sociedade civil.

Houve muitos avanços na legislação e as empresas de maneira geral têm atuado no sentido de melhorar as condições de segurança de seus colaboradores, mas este é um objetivo que deve mobilizar a todos cada vez mais. Quando ocorre acidentes há impactos não só para o trabalhador e sua família, mas na economia e um custo para a sociedade como um todo” – Juíza Adriana Custódio Xavier de Camargo.

Dentre as ações propostas pelo programa estão o incentivo a projetos de educação que envolvam crianças em idade escolar, para agirem como motivadoras dos pais quanto aos cuidados com a saúde e a segurança do trabalho, e a definição de legislações municipais que estabeleçam critérios na contratação de empresas em licitações. A intenção é estabelecer que uma contratada da administração pública ofereça como pré-requisito a realização de treinamentos de segurança de seus empregados. Alguns municípios de Santa Catarina já aderiram à medida que, segundo Adriana Camargo, também poderá ser adotada por meio de projeto de lei na Câmara de Vereadores de Jaraguá.

A adesão ao programa Trabalho Seguro é voluntária e não implica em qualquer efeito posterior de fiscalização. “O foco é a prevenção e para isto vale qualquer atividade que empresas ou outras instituições que aderirem ao programa se comprometam cumprir com base no plano que for apresentado”.

O advogado Marcelo Beduschi, vice-presidente administrativo da APEVI, destacou a relevância do tema, lembrando que Santa Catarina o segundo estado brasileiro em gastos com acidentes do trabalho. Apresentou indicadores que mostram no período de 2012 a 2017 mais de 132 mil auxílios-doença que corresponderam a 9,3% de todos os pagamentos feitos pelo INSS. Em 2017, o estado registrou uma morte por acidente do trabalho a cada 3 dias, somando 118 casos no ano.

Como participar:

Empresas interessadas em aderir ao programa podem obter mais informações no site www.trt12.jus.br e pelo e-mail trabalho.seguro@trt12.jus.br.

>>> A apresentação na íntegra do assunto está disponível acessando https://www.youtube.com/user/canalACIJS



Confira as

Últimas notícias

Nota de pesar - Yara Fischer Springmann

A ACIJS, representada por sua Diretoria. Conselho Superior e Empresas Associadas, expressa o sentimento de pesar da classe empresarial de Jaraguá do Sul diante do

Ação Social do Núcleo de Voluntariado leva alegria a crianças no Natal

Iniciativa beneficiou crianças assistidas pelo programa Novos Caminhos e também menores da comunidade haitiana do Bairro Vieiras

NOTA OFICIAL – A favor da moralidade, contra o aumento de gastos públicos

Entidade se alinha a manifestações de setores representativos do meio empresarial e da sociedade civil diante de medidas que comprometem a gestão de recursos públicos

ACIJS vê legitimidade em manifestações por mais recursos a rodovias

Entidades representativas do setor produtivo têm atuado no sentido de assegurar continuidade de obras de infraestrutura

NOTA OFICIAL - Fundo Eleitoral 2022

Com a decisão de senadores e deputados federais, Fundo Eleitoral pode utilizar até R$ 5,7 bilhões de recursos públicos, em 2022

Jaraguá do Sul é a primeira cidade de SC a integrar rede nacional de 5G

Projeto vai permitir a aplicação de tecnologia inédita, com a instalação de redes de 5G por meio da integração de antenas às luminárias inteligentes

“Desafio é recuperar posição de destaque de Jaraguá na economia do estado”, diz prefeito Antídio, na ACIJS

Encontro Empresarial marcou encerramento da agenda de plenárias da entidade em 2021

ACIJS inicia campanha de incentivo à segunda dose de vacina contra a Covid-19

Ação busca envolver a comunidade no esforço para que o ciclo de imunização contra a Covid-19 seja completo

Alta de juros era aguardada, mas decisão pode afetar recuperação econômica, avaliam entidades

Sétimo aumento seguido dos juros pode inibir capacidade de reação de empresas no pós-pandemia, temem especialistas

Câmara Federal aprova projeto que municipaliza regras de proteção de rios em áreas urbanas

Projeto de Lei que regulamenta ocupação de áreas próximas a rios nos municípios agora aguarda sanção presidencial

You must login to view your message.
Redefinir senha Cadastrar