Notícias 08 nov, 20

Períodos eleitorais nos EUA sempre são acompanhados com muita atenção porque o Brasil mantém uma movimentação intensa seja em exportações […]

Classe empresarial aposta no pragmatismo e no diálogo franco de Joe Biden, presidente eleito dos EUA

Períodos eleitorais nos EUA sempre são acompanhados com muita atenção porque o Brasil mantém uma movimentação intensa seja em exportações e importações, que é o caso da região de Jaraguá do Sul, gerando com isso um fluxo importante do mercado externo que tem influências direta e indiretamente nos negócios entre os dois países.

Na avaliação do presidente da ACIJS e do Centro Empresarial, Luis Hufenüssler Leigue, seja com um governo reeleito ou com um novo governo, com a definição de vitória do candidato democrata Joe Biden, sempre há a possibilidade de mudanças em políticas externas que acabam gerando impactos nas relações com o mercado global, refletindo sobre decisões tomadas nos últimos anos.

O empresário lembra que o Brasil ocupa posição relevante no cenário mundial, especialmente do ponto de vista econômico, mas também em questões pontuais que agora deverão merecer uma nova fase de diálogos com a gestão do presidente eleito.

Assinala a perspectiva de uma relação mais pragmática do novo mandatário estadunidense, em relação ao comportamento de seu antecessor. Biden, opina, tende a ter posicionamentos mais francos, porém com maiores possibilidades de diálogos nas interlocuções com outros países.

“Os analistas definem Biden como alguém que respeita os relacionamentos multilaterais e as instituições, o que traz a possibilidade de uma gestão mais produtiva e não tão ideológica. Com isso, é possível uma mudança de atitude nas relações dos Estados Unidos com organismos de classe mundial como a Organização Mundial de Saúde e a Organização Mundial do Comércio, e nas questões ambientais como é o caso do Acordo de Paris que, no médio e longo prazo, impactarão o mundo todo”, observa Luis Leigue.

Embora essas expectativas de que em transições de governos que envolvem potências econômicas sempre trazem reflexos no mercado, para o setor produtivo as mudanças não devem ocorrer de maneira significativa no curto de tempo. Especulações no câmbio, com flutuações do dólar, ou no mercado de bolsas, são movimentações pontuais, mas no médio e longo prazo podem ocorrer reflexos nas relações comerciais entre os países parceiros dos EUA, como é o caso do Brasil.



Confira as

Últimas notícias

Presidente da ACIJS diz que decisão do Copom é desconectada da realidade

Decisão anunciada pelo Comitê de Política Monetária na quarta-feira (5) recebeu críticas de entidades que representam o setor produtivo

Avanço importante para região, avalia ACIJS sobre obras de arte na BR-280

Presidente da ACIJS diz que início das obras é alento importante no sentido de que a duplicação entre Guaramirim e Jaraguá será integral

Novo Decreto Estadual atualiza portarias com regras no enfrentamento à Covid-19

Medidas valem até 17 de maio e atendem a necessidade de ajustes em diversas atividades econômicas, considerando a Matriz de Risco

Programa de educação empresarial com foco em mentoria a empreendedores

Estruturado em três eixos, programa visa auxiliar empreendedores à melhoria da gestão, oferecendo Diagnóstico, Curadoria e Mentoria

Governo federal reedita MP de redução de salário e jornada durante a pandemia

Publicação da Medida Provisória de flexibilização trabalhista para enfrentamento da crise ocorreu na quarta-feira, dia 28, no Diário Oficial

Governador se reúne com classe empresarial no CEJAS, dia 12

Durante agenda em Jaraguá, governador se reúne com classe empresarial no CEJAS A visita ao Centro Empresarial de Jaraguá do Sul para um encontro com

ACIJS avalia duplicação do trecho estadualizado da BR-280 como importante reconhecimento do Estado à região

A diretoria da ACIJS acompanhou, nesta sexta-feira (28) a visita que o governador Carlos Moisés realizou à região para vistoriar as obras de duplicação do

Presidente da Acijs avalia expectativas do setor produtivo para a retomada econômica e atuação no enfrentamento da pandemia

Em entrevista à Rádio 105 FM, o presidente da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul, Luís Leigue, comentou sobre as expectativas da ACIJS na retomada

Covid-19: é hora de fazer a sua parte

O coronavírus segue fazendo muitas vítimas pelo país. É por isso que cabe a todos nós fazermos a nossa parte. Reforce com seus colaboradores que

Nota de Pesar - Osmar Gumz

A Associação Empresarial de Jaraguá do Sul, representada por seu Conselho Superior, Diretoria e empresas associadas, manifesta profundo  pesar pelo falecimento do senhor Osmar Gumz,

You must login to view your message.
Redefinir senha Cadastrar