Arquivos para Imprensa

• ou •
13 de junho de 2017

Presidente da FIESC destaca otimismo da indústria com recuperação da economia

“Santa Catarina se diferencia em relação a outras regiões do País, devido especialmente a alguns fatores como a diversificação da sua indústria e por contar com cinco portos, possibilitando uma condição logística de qualidade para o escoamento de produtos não só de empresas do Estado, mas de outras regiões, o que faz movimentar a economia". A afirmação é do presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Glauco José Côrte, ao falar sobre o desenvolvimento industrial catarinense na plenária da ACIJS-APEVI nesta segunda (12).

O presidente da FIESC apresentou indicadores que mostram o crescimento da indústria do Estado, como sinais da recuperação da economia. “Se a indústria catarinense vai bem, o Estado vai bem”, disse ao destacar que a indústria catarinense está com estoques menores do que a de outros Estados brasileiros. Isso significa, na sua avaliação, que as melhoras da economia serão percebidas mais rapidamente em Santa Catarina. Ele destacou ainda que 51% das empresas catarinenses manifestam interesse em investir, apesar do cenário ainda indefinido. Os setores metalúrgico, de vestuário, alimentos e automotivo são os que demonstram maior crescimento.

Côrte citou o relatório semanal Focus, que reúne análises de bancos privados, na edição publicada na última sexta-feira, que mostra uma perspectiva de redução da inflação do ano. O mesmo relatório prevê crescimento do PIB de 0,41% em 2017 e de 0,3% em 2018, enquanto projeções anteriores previam resultados negativos. A taxa Selic, de acordo com o Relatório Focus, deve ficar em 8,50% nas projeções para 2017 e 2018.

O setor industrial catarinense tem 52 mil empresas e 766 mil trabalhadores, respondendo por cerca de 35% dos empregos formais, 30% do PIB do Estado e 56% das exportações catarinenses. Em relação aos indicadores econômicos, Côrte salientou que o índice de atividade econômica de Santa Catarina, indicador considerado uma prévia do PIB, cresceu 2,7% no primeiro trimestre do ano. No mesmo período, a produção industrial avançou 5,2%. As exportações de janeiro a maio aumentaram 16,8%, as importações registraram alta de 20,4% e o saldo de empregos da indústria de transformação é de 18,8 mil vagas no acumulado do ano até abril. O desempenho negativo no primeiro quadrimestre ficou nas vendas industriais, que registraram queda de 3,3%.

Fazer download da galeria

Empresas Conveniadas

  • Unimed Jaraguá do Sul
    Unimed Jaraguá do Sul

    Av. Mal. Deodoro da Fonseca, 1412 - Centro Fone: (47) 2106-2200 Desconto de 5% nos planos para associados da ACIJS.

  • O Correio do Povo - Jornal
    O Correio do Povo - Jornal

    Rua Avenida Prefeito Waldemar Grubba, 1400 - Vila Baependi Fone: Fone: (47) 2106-1919 Associados da ACIJS ganham 70% de desconto (válido para novos clientes e/ou inativos há mais de doze meses)

  • Laboratório Lenzi
    Laboratório Lenzi

    Rua Emílio Carlos Jourdan, 140 - Centro Fone: (47) 3371-6524 Desconto de até 44% nos serviços para associados da ACIJS.

  • Centro Universitário Internacional UNINTER
    Centro Universitário Internacional UNINTER

    Rua Marina Frutuoso, 388 - Centro Fone: (47) 3054-1892 Desconto de 10% nas modalidades EAD e Presencial para empresas associadas da ACIJS

  • General Motors - UVEL
    General Motors - UVEL

    Av. Mal. Deodoro da Fonseca, 557 - Centro Fone: (47) 3274-4444 - Descontos especiais para Vendas Diretas Fábrica-Empresa de até 26% para Associados da ACIJS.

  • Laboratório Fleming de Análises Clínicas
    Laboratório Fleming de Análises Clínicas

    Rua Guilherme Weege, 202, Centro - Ed. Accord Center Sala 01 Fone: (47)3275-2755 Desconto de 15% para Associados da ACIJS.