Workshop apresenta identidade cultural da gastronomia a empresários do setor

Integrado ao projeto Food Experience, iniciativa da ACIJS e SEBRAE, ocorre no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul nesta segunda-feira (6), das 14h30 às 18h30, o Workshop Identidade Cultural.

O workshop será conduzido Enio Valli, consultor em gestão de empreendimentos gastronômicos, especialista em Inteligência Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em Gestão de Pessoas pelo Senac, e bacharel em Turismo pela Universidade Federal de Pelotas, com experiência prática em cozinha, atendimento e gerenciamento de restaurantes há mais de 12 anos.

No evento, o consultor irá apresentar a empreendedores ligados ao Núcleo de Hospitalidade da ACIJS-APEVI como a gastronomia se relaciona com a identidade cultural das etnias húngara, africana, alemã, polonesa e italiana.

O profissional vai abordar aspectos da criação de pratos da culinária típica de cada país e a forma de empratamento, que é a técnica de dispor os alimentos em pratos individuais ou travessas, para a decoração do ambiente gastronômico. Após o workshop, o especialista atuará individualmente em cada um dos estabelecimentos que fazem parte do projeto Food Experience, prestando consultoria na criação de um prato.

A realização do workshop faz parte das ações de preparação das casas ligadas ao Núcleo de Gastronomia para o Festival Degusta Jaraguá, programado para abril de 2018 com o objetivo de valorizar a cultura gastronômica presente nas etnias predominantes do município – húngara, africana, alemã, polonesa e italiana.

Sem custo para os participantes, o Workshop Identidade Cultural é exclusivo para as empresas que participam do projeto Food Experience. Informações pelo e-mail [email protected] e pelos telefones (47) 3275-7026 e 98804-3982.

Sobre o Projeto Food Experience

Idealizado em julho último, o Projeto Food Experience é uma ação em parceria entre ACIJS e SEBRAE com o objetivo de buscar o incremento do setor de gastronomia no município, por meio da melhoria da qualidade e da competitividade entre as empresas do setor.

A iniciativa busca o desenvolvimento da chamada alimentação fora do lar com ações de qualificação que envolvem a cadeia produtiva, com o desenvolvimento de várias ações que envolvem empreendedores em três eixos centrais: desenvolvimento empresarial, inovação e acesso ao mercado.

As estratégias para a obtenção dos resultados previstos pelo projeto vão contemplar aspectos como o fortalecimento da governança, a ampliação da oferta turística por meio de ferramentas de marketing de produto, inovação e tecnologia, acesso a outras experiências de mercado, reposicionamento e valorização da gastronomia regional.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *