Projeto piloto da Junta Comercial é oficializado

Em parceria com a Prefeitura de Jaraguá do Sul, o Governo do Estado formalizou na segunda-feira (31) o projeto piloto da Junta Comercial que objetiva permitir maior flexibilidade na abertura de empresas.

O ato contou com a presença do governador Raimundo Colombo, do prefeito Dieter Janssen e de lideranças do Estado, com o objetivo de estabelecer um prazo de 3 a 5 dias na abertura e emissão de alvarás, conforme o grau de risco de cada empreendimento, tendo como referência o modelo adotado no município.

Paulo Luiz Mattos, presidente da ACIJS, destacou que há muito tempo buscava-se maior agilidade da Junta Comercial do Estado quanto ao registro de novas empresas. “Este projeto visa encurtar esse tempo de resposta para o contribuinte, o que sem dúvida trará mais estímulo aos empreendedores e assim melhores resultados para a economia do município”, assinalou.

Além da oficialização da nova Junta Comercial do Estado, o governador Raimundo Colombo anunciou outra boa notícia para Jaraguá do Sul e região. Atendendo pleito antigo do Vale do Itapocu, Colombo confirmou a nomeação dos servidores para o escritório da Fatma. “Com a definição do corpo técnico da Fatma, acreditamos que em pouto tempo o escritório estará funcionando, dando maior agilidade nos processos da área ambiental”, comentou o presidente da ACIJS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *