aaa

Prêmio “Professor Nota 1000” busca valorização da educação em Jaraguá do Sul

A ACIJS e a Prefeitura de Jaraguá do Sul formalizaram na segunda-feira Protocolo de intenções que cria o Prêmio “Professor Nota 1000”, com o objetivo de valorizar a atividade da docência no âmbito da educação municipal. O projeto faz parte de um conjunto de ações que a entidade já desenvolve em parceria com a Secretaria de Educação do município visando contribuir para o estabelecimento de novos parâmetros no ensino fundamental, assegurando uma formação de qualidade a crianças e adolescentes.

Foto: Flávio Ueta

Foto: Flávio Ueta

Na assinatura do documento, que contou com a presença do prefeito Dieter Janssen, a supervisora do Ensino Fundamental do município, Célia Reichert Engelmann, o presidente Paulo Luiz Mattos destacou que o projeto de valorização dos professores é um projeto no qual a ACIJS deposita muita confiança, que só se torna possível graças ao envolvimento forte do poder público através da parceria com a Prefeitura e Secretaria de Educação. “Estamos dedicando muita energia a esta iniciativa porque refutamos ao professor papel determinante para se atinja o objetivo de contribuir com a melhoria do nível de ensino no município”, comentou o presidente da ACIJS.

O projeto “Professor Nota 1000” tem como meta reconhecer destaques entre professores da rede municipal de ensino, por meio das contribuições que oferecem para o incremento da educação nas suas práticas diárias em sala de aula. Uma comissão formada pela Secretaria de Educação avaliará estes desempenhos e ao final do ano, durante solenidade que ocorrerá em dezembro no Centro Empresarial, haverá a entrega de certificados e premiações a 10 professores, sendo os três primeiros colocados agraciados com uma viagem à Alemanha para um período de imersão a fim de conhecerem o funcionamento do sistema educacional daquele país e a partir desta visita colherem subsídios para aplicação no município.

“Este projeto está apoiado em 3 pilares, que são o aperfeiçoamento dos professores, na melhoria contínua das instalações públicas que prestam o ensino, e finalmente a aproximação dos pais com as escolas, que cumprem o papel de ensinar, porém, à família cabe a educação. Buscamos com isso, uma interação de fato para que Jaraguá do Sul conquiste uma perspectiva de mais qualidade na educação até mesmo como forma de contribuir para uma geração melhor preparada para o mercado de trabalho e como cidadãos, não abrindo mão da educação como o mais rico instrumento de transformação da sociedade. Para isso é preciso que os nossos professores sejam reconhecidos como autoridade e reverenciados pela sociedade”.

Célia Reichert Engelmann e Dieter Janssen destacaram a iniciativa, que segundo a professora e o prefeito representam uma forma concreta de reconhecimento à motivação dos profissionais do magistério de Jaraguá do Sul. A plenária contou com a presença de vários educadores que também aplaudiram o lançamento do projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *