Prefeitura faz relato de resultados do programa de gestão

Os primeiros resultados do programa Gestão Municipal para a Nova Economia foram apresentados pelo prefeito Dieter Janssen na segunda-feira, durante a plenária da ACIJS e APEVI. Na exposição, o prefeito destacou que o município obteve o aumento da capacidade de investimento a partir de várias ações de ajuste das despesas de acordo com a arrecadação de Jaraguá do Sul. “São iniciativas muitas vezes simples, que parecem não impactar no custeio, mas que já apresentam resultados. O objetivo é avançar cada vez mais porque objetivam permitir ao município a melhor capacidade de gestão dos recursos provenientes da arrecadação”, observou.

O programa Gestão Municipal para a Nova Economia é uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, em parceira com CLP – Centro de Liderança Pública. Além do Governo do Estado, a iniciativa conta com o patrocínio de empresas e da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul, única entidade de classe a participar da viabilização do projeto. O objetivo do programa é apoiar 7 prefeituras do Estado – além de Jaraguá do Sul, integram o projeto as cidades de Araquari, Santo Amaro da Imperatriz, Itajaí, São Francisco do Sul, Garuva e Gravatal, a aumentarem a eficiência da gestão pública, com foco no desenvolvimento econômico sustentável, e na melhoria do equilíbrio fiscal.

Prefeitura faz relato de resultados do programa de gestão

No detalhamento dos resultados, feito pelo gestor Paulo Ricardo Lehmkuhl, um dos integrantes da equipe responsável pelos controles internos na Prefeitura, foram explicados alguns dos indicadores de desempenho. Dentre os indicadores estão economias geradas com energia elétrica, telefonia, transporte escolar, merenda escolar, combustíveis, medicamentos, materiais da área da saúde, na adequação tributária e no almoxarifado.

O presidente da ACIJS Paulo Luiz Mattos destacou o trabalho e a maneira transparente com que a gestão municipal apresentou os dados. Disse que a gestão pública tem o desafio de se ajustar à nova realidade do país e à máxima adotada pela iniciativa privada de fazer mais com menos. “Utilizar adequadamente os recursos públicos é condição para um atendimento eficiente à comunidade”, assinalou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *