aaa

Palestra relaciona carga de impostos, corrupção e a importância da reforma tributária para o País

O impacto da corrupção na gestão de recursos públicos, seus reflexos na receita fiscal e como a reforma tributária pode estimular o desenvolvimento econômico do Brasil, são aspectos que serão abordados na plenária da ACIJS e APEVI na segunda-feira, dia 15, às 18h.

A palestra faz parte do movimento nacional Feirão do Imposto e está integrada à reunião semanal das diretorias das duas entidades, associados e comunidade em geral. O evento ocorre no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul e a participação é aberta ao público interessado, gratuitamente.

Tiago Coelho, contador com especialização em gestão tributária e vice-presidente de Núcleos Setoriais da ACIJS, destaca que compreender a relação entre a política tributária e a evasão de recursos causada pela corrupção, é determinante no atual momento em que o País discute reformas estruturantes.

Também membro do Conselho Deliberativo da ACIJS, representante da entidade na Câmara de Assuntos Tributários e Legislativos da FIESC e membro do Conselho Superior do Cejesc – Conselho Estadual do Jovem Empreendedor de Santa Catarina, Tiago fará a palestra “Corrupção e repercussão na carga tributária nacional”, abordando os tópicos principais da reforma em discussão no Congresso Nacional, vinculando o tema com a tese, defendida por muitos especialistas, de que a flexibilização tributária e a unificação de impostos pode ser um caminho para o enfrentamento à sonegação fiscal e para o controle e melhor aplicação dos recursos obtidos com a arrecadação.

A palestra na plenária da ACIJS e APEVI está integrada à programação que ocorre em todo o Brasil para discutir temas relacionados com a política fiscal no Brasil. Até o ano passado, o assunto fazia parte da agenda do movimento de jovens empreendedores em dois momentos: o Dia da Liberdade de Impostos e o Feirão do Imposto, realizado em períodos diferentes. Por iniciativa do Conaje – Conselho Nacional de Jovens Empresários, este ano a temática está unificada, ocorrendo no dia 27 de maio.

Detalhes sobre como o evento será lembrado em Jaraguá vão ser apresentados na plenária por Ricardo Fripp, integrante do Núcleo de Jovens Empreendedores da ACIJS-APEVI e coordenador local do Feirão do Imposto, atividade que movimento os Núcleos de Jovens Empreendedores da Regional Norte do CEJESC, com os núcleos de Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder e Corupá.

Neste ano, o Feirão do Imposto tem como tema “Chega de Mão Grande!”, com o objetivo de motivar a sociedade à uma ação contra a corrupção e a favor da eficiência na gestão dos recursos públicos.

A programação mobilizará 24 estados e mais de 100 cidades em atividades que, além de abordar a quantidade de tributos incidentes sobre produtos e serviços, tratarão também da aplicação dos recursos públicos, ou seja, como tem ocorrido o retorno destes tributos em favor da população.

Levantamento da ONU, de acordo com a coordenação do Feirão do Imposto, mostra que cerca de R$ 200 bilhões são desviados no Brasil a cada ano, valor que corresponde a quase 3% do PIB nacional e igual a 3 vezes os orçamentos para a saúde e a educação, e 5 vezes o orçamento na área de segurança pública. Mais informações sobre o Feirão do Imposto estão disponíveis em 2017.feiraodoimposto.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *