Mario Sergio Cortella deixa mensagem positiva no 6º Encontro de Ideias

Mário Sérgio Cortella deixa mensagem positiva no 6º Encontro de Ideias (3)

Um público de quase 900 pessoas ouviu do filósofo Mario Sergio Cortella, na noite de terça-feira, o que pode ser definido como mensagem de otimismo.

Em Jaraguá do Sul, onde esteve a convite da Associação Empresarial para falar no 6º Encontro de Ideias sobre o tema “Cenários turbulentos, mudanças velozes – Negação, proteção ou superação?”, o educador disse que o atual momento do País inspira atenção, mas não pode levar ao pânico.

“O medo é natural, é bom que tenhamos medo porque ele nos leva a agir. Mas o medo não pode resultar no pânico, que é algo que nos imobiliza”, disse a uma plateia formada por empresários, profissionais de todas as áreas, estudantes e outros ouvintes atentos.

Segundo Cortella, é preciso entender que momentos difíceis não significam momentos sem alternativas, mesmo que cercados de incertezas. “Embora sejam complexos e exijam mais inteligência da nossa parte, são estes momentos que exigem mais inteligência de nós e faz com que precisemos unir força nas realizações. Mas em nenhum momento transformar aquilo que é saudável, que é o medo de que as coisas possam dar errado, em pânico, porque este tira nossa capacidade de encontrar solução. Nestas horas temos de considerar duas alternativas, sentar e chorar, ou levantar, sacudir e dar a volta por cima”.

Mário Sérgio Cortella deixa mensagem positiva no 6º Encontro de Ideias (1)

Na fala de pouco mais de 1 hora e meia, Mario Sergio Cortella prendeu a atenção do público, que reuniu jovens e pessoas mais experientes no amplo salão do Clube Atlético Baependi. “De nada adianta fazermos um raciocínio inverso, pensar que nada tem solução. Não acreditar na vitória é metade da derrota. Claro que aceitar a vitória como algo possível não nos dá nenhuma garantia de êxito, mas é o ponto de partida para chegarmos lá e superarmos o que virá pela frente, uma condição que nos permitirá um estado de espírito”, disse, lembrando um conselho clássico bíblico que é o de preferir acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão.

Sobre o atual momento do País, Cortella reconhece que há dificuldades, porém na visão dele longe do que o Brasil viveu décadas atrás. “É verdade que vivemos no Brasil um momento de turbulência, mas é muito menor do que o que tivemos no início dos anos 1980 e 1990. Convivemos com uma inflação de 3.000% e hoje reclamamos de uma inflação de 8%. Claro que a esta turbulência econômica foi agregada uma turbulência política, mas nem de longe se aproxima de uma fatalidade. As instituições no Brasil são fortes ao ponto de que vivemos uma experiência única de pessoas irem às ruas democraticamente pedirem a volta da ditadura, ao passo que no tempo do regime militar não se poderia ir às ruas livremente pedir democracia.” Por mais complexa que esteja a situação, comenta Cortella, é preciso entender que sempre há uma alternativa de solução.

Aos empresários recomendou prestarem atenção às oportunidades. “Jaraguá do Sul e região, que tem uma capacidade natural de prosperar, terá inteligência para ultrapassar esta turbulência”, observa. Disse que é natural que o empresário sempre faça uma análise mais fria da situação, baseada em números, mas indicou que não se deve ater apenas aos números.

“Nelson Rodrigues [escritor e dramaturgo] já lembrava da idiotia da objetividade, ou seja, claro que os números são objetivos, mas sempre há o idiota que se fixe somente na objetividade, que se gruda somente nos números. Se fossemos grudar nos números não haveria empreendedor, não teríamos inovação ou tudo o que já se conseguiu no Brasil. Claro que números são ponto de partida, mas empresário inteligente é aquele que olha o cenário, mas não se subordina a ele, e sim leva em conta para seu planejamento e ação.”

O evento contou com o patrocínio das empresas CMC, Milagro, SICOOB-CEJASCRED e VêMais.

2 Comentários

  • Maria José de Lima Quintans disse:

    Eu não o conhecia,e por acaso tava procurando alguma coisa para ouvir,vi esse homem e coloque seu vídeo,fique fascinada com sua inteligência e sábias palavras,a-do rei.Sou fã de carteirinha.Ouço suas palestras todos os dias no FACE,na hora que chego do trabalho.

  • Maria Leônidas Soares da Silva disse:

    Mario Sergio Cortella,um ser humano iluminado. Não poderia ser diferente. Ele sempre deixa uma mensagem positiva por onde passa. CORTELLA,Continue sendo esse ser humano diferenciado que faz a diferença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *