Instituto Jourdan apresenta dados sócio econômicos na plenária ACIJS-APEVI

Instituto Jourdan apresenta dados sócio econômicos na plenária ACIJS-APEVI

Com o objetivo de estabelecer parâmetros que orientem as entidades empresariais quanto ao planejamento sustentável de Jaraguá do Sul, subsidiando as diretrizes nas reivindicações junto ao poder público, a reunião plenária semanal da ACIJS e APEVI desta segunda-feira (21) contou com as presenças do prefeito Dieter Janssen, do presidente do Instituto Jourdan Ronaldo Lima e do diretor de Desenvolvimento Econômico da Autarquia Marcio Manoel da Silveira. Conforme o presidente Giuliano Donini, a meta é contar com mecanismos organizados quanto a indicadores sócio econômicos e assim estabelecer dados concretos em várias áreas do município.

Conforme Marcio Silveira, ao apresentar dados do desempenho do município, tendo como ano-base 2013, os números revelam que dos 295 municípios do Estado Jaraguá aparece na quinta posição na geração de riquezas. O Produto Interno Bruto (PIB) é de R$ 7,84 bilhões, mas a renda per capita de R$ 50.132,73 ainda está entre as melhores do Brasil. As exportações em 2015 somaram US$ 662 milhões enquanto as importações foram de US$ 325 milhões. Os Estados Unidos são o maior comprador de produtos de Jaraguá do Sul, por outro lado, a China é o país que mais vende produtos para nós. A cidade fechou 2015 com 66.256 pessoas empregadas formalmente.

No mesmo período, foram gerados 26,7 mil empregos e demitidas 30 mil pessoas, um déficit de 3.246 vagas. “Foi o pior resultado em 10 anos”, afirmou o Diretor de Desenvolvimento Econômico do Instituto, Márcio Manoel da Silveira. Acrescentando que de acordo com os levantamentos a duplicação de rodovias tem impacto direto na economia dos municípios.

Uma das constatações do diretor do Instituto Jourdan, conforme aponta o levantamento, é de todos os municípios próximos a rodovias que receberam investimentos em duplicação cresceram economicamente, como é o caso de Palhoça, por exemplo. “Já havia o indicativo de que Jaraguá do Sul vinha perdendo terreno no que refere a investimentos, o que requer uma tomada de ação”, explicou. Márcio Silveira informou que se encontra em elaboração um projeto estabelecendo critérios para a chamada área urbana consolidada. O estudo irá tratar especificamente do recuo dos rios e suas implicações, de acordo com cada situação, assinalou.

1 Trackback


    Warning: call_user_func() expects parameter 1 to be a valid callback, function 'blankslate_custom_pings' not found or invalid function name in /home/acijs/public_html/blog/wp-includes/class-walker-comment.php on line 180

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *