Frente Parlamentar mobiliza região por mais agilidade na duplicação da BR-280

Em busca de maior agilidade às obras de duplicação da BR-280 no trecho entre São Francisco do Sul e Jaraguá do Sul, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina oficializou na segunda-feira a criação de Frente Parlamentar que pretende acompanhar a execução do projeto. Proposta pelo deputado estadual Carlos Chiodini, a Frente realizou sua primeira reunião na sede da ACIAG – Associação Empresarial de Guaramirim.

Frente Parlamentar 2

O presidente da ACIJS Paulo Luiz Mattos participou da instalação da Frente, juntamente com outras lideranças da região, e lembrou a urgência do pleito. “Estamos com a paciência se esgotando diante da demora na execução de uma obra tão importante para uma região que responde com mais de R$ 52 bilhões do PIB catarinense. No Brasil parece que amamos a burocracia, tal a sucessão de entraves para o andamento do projeto”, disse em tom de desabafo.

O empresário, entretanto, elogiou a iniciativa de Carlos Chiodini e disse que é preciso continuar confiando e especialmente acompanhando de maneira vigilante os serviços. “Damos nosso voto de confiança na expectativa de termos um estado que olhe o cidadão e a eficiência da região”, ponderou.

Paulo Luiz Mattos

“O objetivo é dar celeridade, acompanhar e fiscalizar a contratação e execução das obras de duplicação, documentando com fotos e vídeos e cobrando do DNIT um cronograma ajustado ao que formos verificando”, explicou Carlos Chiodini. O parlamentar entende que essa cobrança é necessária, ressaltando a confiança de que os dois lotes já liberados para obras (da BR-101 a Guaramirim, e de Guaramirim a Jaraguá do Sul, incluindo o trecho urbano) não sofram atrasos significativos, e a expectativa de que o prazo já anunciado pelo DNIT de obras no lote 1 – entre o porto de São Francisco do Sul e a BR-101 – seja cumprido, a partir de março de 2015.

Presente no encontro, o deputado federal Mauro Mariani disse que a bancada catarinense na Câmara e no Senado estarão integradas ao movimento. Também o deputado estadual Kennedy Nunes afirmou que a reivindicação regional passa a ser um compromisso do Poder Legislativo estadual.

Diversas lideranças da região também se manifestaram para que a duplicação, com custo estimado em R$ 970 milhões nos três trechos, seja concluída no tempo prometido pelo governo federal, até o final de 2016. Por isso, a Frente Parlamentar quer cumprir uma agenda permanente, com reuniões a cada 60 dias. Após a instalação, a primeira reunião já está marcada para fevereiro, no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul (Cejas).

Frente parlamentar 3

Frente Parlamentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *