aaa

Estratégias para a expansão de negócios on line é tema de webinar gratuito da ACIJS

Se antes da pandemia do novo coronavírus os especialistas já indicavam a tendência de crescimento cada vez maior dos negócios on line, o período de quarentena antecipou em muito a expectativa de movimentação dos meios eletrônicos em várias áreas, da indústria ao comércio e em setores de prestação de serviços.

O tema motiva mais um webinar que a ACIJS realiza nesta quinta-feira (6), integrado à plataforma Jaraguá para Negócios, que a entidade desenvolveu em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas.

A ferramenta tem com o propósito orientar empreendedores da região quanto às possibilidades de melhorias na gestão e no aprimoramento das relações com seus consumidores. Um dos eixos do Jaraguá para Negócios é a educação com foco no empreendedorismo, com a utilização de recursos como as webinars e lives.

Nesta terceira edição da série de webinars, que ocorre às 19h30 e terá transmissão nos canais da ACIJS no Facebook, Instagram e YouTube, o presidente da entidade empresarial, Luis Hufenüssler Leigue, conversará com Eduardo Mattos, empreendedor com mestrado em Inteligência Aplicada pela Universidade Federal de Santa Catarina.

CEO da Intexfy, plataforma de inteligência comercial, e parceiro do canal de vendas on line Bendito, Eduardo Mattos atua no segmento de Tecnologia da Informação aplicada à inteligência e investigação desde 1997. Foi co-fundador e diretor da WBSA – Sistemas Inteligentes SA, empresa incorporada pela Dígitro, atuou em funções executivas em diversas empresas de tecnologia e participou como investidor anjo.

Participando e colaborando na organização de eventos como o Startup Weekend e Startup Grind e Meetups, entre outros. Focado no fortalecimento do ecossistema de startups e de projetos de empreendedorismo, o profissional faz a conexão com o mercado tradicional ou viabilizando a aproximação com investidores.

No webinar serão abordados tópicos como o futuro nos processos de vendas, novas estratégias comerciais, capacitação de times comerciais, ferramentas de suporte, como empresas de pequeno porte e micros negócios podem se preparar para a venda on line e fidelização de clientes, entre outros aspectos.

Mercado em expansão

Levantamento da Abcomm – Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, divulgado em maio, mostra que o comércio eletrônico deve crescer cerca de 18% em 2020, movimentando cerca de R$106 bilhões.

Outro estudo mostra que o e-commerce brasileiro ultrapassou a marca de R$ 60 bilhões em faturamento e já atingiu 148 milhões de pedidos em 2020, segundo dados da 41ª edição do Webshoppers, o mais amplo relatório sobre e-commerce do país elaborado semestralmente pela Ebit|Nielsen.

O resultado do faturamento nos quatro primeiros meses deste ano somou R$22,9 bilhões – de 1º de janeiro até 30 de abril de 2020 -, corresponde a 32% do resultado de todo 2019, segundo o Instituto de Pesquisa.

No ano passado, o faturamento do e-commerce brasileiro cresceu 16,3%, para R$ 61,9 bilhões, impulsionado pelo aumento de 21% no número de pedidos, alcançando 148 milhões de compras online, frente a 123 milhões em 2018.

O aumento do número de pedidos foi acompanhado pelo maior número de novos consumidores: apenas no ano passado, 10,7 milhões de pessoas estrearam suas compras no ambiente online, alta de 9% sobre 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *