aaa

ELEIÇÕES 2020 – Painel com candidatos reafirma compromisso da classe empresarial com a democracia, afirma ACIJS

A ACIJS realizou nesta segunda-feira (9), painel com os candidatos à Prefeitura de Jaraguá do Sul no pleito de domingo, dia 15.

A entidade havia convidado previamente os três candidatos. No evento, que ocorreu no Centro Empresarial, participaram Antídio Lunelli (MDB) e Leandro Gonçalves (Novo). O candidato Ivo Konell (PRTB) enviou ofício à entidade informando a ausência devido a conflitos de agenda com os compromissos da campanha.

O painel foi organizado em dois formatos. No formato presencial, com limitação de público, em obediência às orientações das autoridades em função da pandemia de coronavírus, e transmissão pelo canal da ACIJS no YouTube confira a íntegra acessando https://bit.ly/3ncewUe. O público no CEJAS foi formado pela diretoria da ACIJS e membros do Conselho Superior (ex-presidentes), presidentes da CDL, APEVI e Sindicatos Patronais, e lideranças do setor produtivo.

O presidente da ACIJS e do CEJAS, Luis Hufenüssler Leigue, avalia que o painel cumpriu seu principal objetivo, como mais uma oportunidade aos eleitores para que conheçam como os candidatos planejam suas ações de governo.

“Períodos como esse em que temos tanta desinformação, e quando precisamos de referências confiáveis para tomarmos decisões, se torna ainda mais necessário buscarmos essas informações qualificadas diretamente na fonte. Momentos como o que propusemos, com uma sabatina em que tivemos a oportunidade de indagarmos os candidatos sobre as suas propostas à luz do que pensamos como empresários, são relevantes. Foi uma conversa muito esclarecedora sobre as ideias que norteiam os planos de governo dos candidatos Antídio Lunelli e Leandro Gonçalves, com um público qualificado e formador de opinião, e uma chance de termos clareza sobre as propostas para que todos nós, como eleitores, possamos fazer nossas escolhas no dia 15”, afirma o empresário.

A democracia, resume Luis Leigue, deve ser respeitada, salientando que a entidade respeita as escolhas pessoais. Por outro lado, como representante de um setor ativo da sociedade e historicamente engajada com a comunidade, a ACIJS entende que é salutar respeitar os movimentos democráticos e a troca de ideias de uma maneira franca e pragmática. “É isso que prezamos e defendemos, é o que nos motiva ao abrirmos espaço aos candidatos para que apresentem suas propostas com clareza. São debates que devem ser fomentados sempre, sobre qualquer tema que tratarmos em nossa comunidade”, reforça.

O empresário pontua ainda que “a participação em um processo eleitoral é muito importante, seja na condição de candidato ou como eleitor, porque é pela via democrática e por meio do voto que temos a possibilidade de fazer as mudanças que desejamos, enquanto sociedade. Estar próximo do sistema político e acompanhar o processo, ou conhecendo e fiscalizando a gestão pública, são condições fundamentais e esse é o papel de uma entidade como a ACIJS. O voto é a manifestação mais efetiva e mais direta que nos é dada como cidadãos quando pensamos no futuro da nossa comunidade”.

Os dois candidatos responderam a uma série de 8 perguntas com base em documento que a ACIJS enviou como sugestão, com 7 tópicos principais: Desenvolvimento econômico com ênfase na inovação; Infraestrutura e mobilidade; Segurança pública, sistema prisional e bombeiros voluntários; Educação e cultura; Saúde e bem-estar com ênfase à inclusão social; Abastecimento, saneamento e tratamento de resíduos; e Gestão pública com ênfase à eficiência e economicidade – a íntegra está disponível em www.acijs.com.br ou acessando https://bit.ly/2TDV4TM.

Luis Leigue lembra que se trata de um documento totalmente colaborativo, em que a ideia global das propostas é uma maneira da entidade estimular o debate em torno da Jaraguá que se deseja para os próximos anos, uma cidade inteligente. “Elegemos como tema macro a importância da gestão pública se atentar para um ambiente de atratividade que Jaraguá do Sul e região devem ter como uma de suas prioridades”. Por esse tema passam áreas como inovação, educação, capacidade de geração de empresas e com isso mais empregos, e ainda a diversidade e a sustentabilidade.

“Precisamos estar atentos a esses temas, porque são as condições para pensarmos Jaraguá no rumo do futuro, construindo infraestruturas que estejam de acordo com essa perspectiva. Não nos referimos só em ruas, mas em vias de informática, de internet, de estruturas com o uso de sensores para um funcionamento mais lógico do trânsito e em outras áreas, mas também de mecanismos públicos menos burocráticos que estimulem o acesso do empreendedor a esse modelo de cidade inteligente, e que essa inovação esteja acessível não só às empresas como à toda a comunidade. Nessa construção há uma grande importância de que o ecossistema de inovação que vem sendo formado se fortaleça muito mais a partir da visão da gestão pública, porque o conceito final de todas essas iniciativas é o de que bem-estar, associado ao meio ambiente, passando pelo turismo e o lazer, fazem parte da economia e nos possibilita um desenvolvimento com sustentabilidade”.

>>> Confira a íntegra do painel com os candidatos e as respostas na sabatina acessando https://bit.ly/3ncewUe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *