aaa

Decreto municipal orienta quanto às restrições no enfrentamento ao coronavírus

Decreto municipal em vigor desde o dia 25 (quarta-feira) estabelece adequações em Jaraguá do Sul no enfrentamento ao coronavírus, com base nas determinações do Governo do Estado depois que a região passou a integrar a matriz de risco gravíssimo.

Os novos regramentos impactam segmentos econômicos e substituem o decreto anterior, assinado em 18 de novembro, destacando as seguintes atividades:

Restaurantes, lanchonetes e bares
Os estabelecimentos poderão receber clientes diariamente, até as 21 horas, podendo o atendimento ser estendido por mais uma hora, até as 22h.
Fica autorizada a execução de músicas com cantores individuais ou em dupla, desde que em som ambiente ou acústico, não sendo permitida a execução de música por qualquer meio que dificulte a conversa e o consequente distanciamento entre clientes e funcionários nesses estabelecimentos.
A retirada de produtos no balcão ou o serviço de entrega estão permitidos até a meia-noite.

Indústrias e empresas
Atividades permitidas

Comércio em geral
Capacidade de público limitada em 50%
As provas de roupas estão permitidas, desde que respeitados os protocolos de saúde como distanciamento, uso de máscara e de álcool-gel

Academias de ginástica em geral
Capacidade de público limitada em 30%

Casas noturnas e afins
Atividades de funcionamento suspensas

Congressos, seminários e palestras
Atividades presenciais suspensas

Mercados e farmácias
Sem restrições, com funcionamento permitido desde que respeitado o distanciamento mínimo de 1,5 m

Cursos livres
Realização permitida, com distanciamento mínimo de 1,5 m entre as pessoas

Eventos sociais
Atividades suspensas

Hotéis, pousadas e albergues
Capacidade de público limitada em 30%

Transporte coletivo
Permitido, desde que cumpridos os protocolos de saúde pela empresa permissionária e respeitadas as regras estabelecidas pelo decreto estadual

Eventos em formato drive-thru ou drive-in
Essas atividades estão proibidas, assim como a abordagem ou intervenção às pessoas em logradouros públicos, como por exemplo pesquisas, panfletagens, entre outros métodos.
Demais restrições, como a capacidade de público em igrejas e templos, e a proibição do futebol recreativo, por exemplo, são determinadas do governo estadual, de acordo com a matriz de risco.

>>> Confira a íntegra do decreto >>>  https://bit.ly/2JgZNss

>>> Veja quais são as orientações por atividades, com base no regramento estadual


Momento exige atenção da comunidade

A presidente do Comitê Extraordinário de Combate à Covid-19, Emanuela Wolff, salienta o esforço da administração municipal e dos membros do Comitê Extraordinário de Gestão à Covid-19 para permitir que o maior número de atividades econômicas pudesse ser mantida em operação, respeitando as devidas regras de distanciamento social. “Estamos no auge do atendimento aos pacientes na nossa rede com cerca de 800 consultas por dia, buscando sempre o equilíbrio para mantermos a economia ativa”, afirma Emanuela.

O presidente da ACIJS e do Centro Empresarial, Luis Hufenüssler Leigue, diz que a inclusão de Jaraguá do Sul e dos demais municípios do Vale do Itapocu, integrantes da região Norte, no nível “gravíssimo” da matriz de risco do coronavírus no Estado, acende uma luz de alerta importante.

A entidade está atenta e atuando em relação a esse novo quadro, buscando orientar os associados quanto aos protocolos, disponíveis para que as empresas possam atuar preventivamente, ou agindo proativamente com uma ação quando houver casos comprovados, e ainda no sentido de fazer girar o estoque detestes rápidos para auxiliar na triagem e o impacto de uma infecção no ambiente de uma empresa seja minimizado.

Desde o começo da semana, com a expectativa de agravamento dos indicadores, a ACIJS tem reforçado a comunicação com associados, com o objetivo de não deixar diminuir a mobilização do setor produtivo em relação à situação de enfrentamento à Covid-19.

“O momento agora é de um chamado geral para o comprometimento de todos, com muita orientação que estamos disponibilizando para os associados e para a comunidade, que devem seguir à risca as recomendações das autoridades de saúde”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *