Década de 1960 – ACIJS busca melhoria para a infraestrutura da cidade

A busca de melhores condições de infraestrutura para Jaraguá do Sul é definida como meta pela entidade. É firmado convênio com o SENAI, a atuação do Banco do Brasil é ampliada e a CELESC melhora o fornecimento de energia elétrica. A década também se caracteriza pela atividade industrial e a diversificação do seu Parque Industrial.

A década de 60 foi marcada no cenário mundial como “Os Anos Rebeldes”, aconteceram protestos e passeatas contra o capitalismo, a juventude pedia paz, liberdade e qualidade de vida. Na mesma época surgiu o movimento hippie com o lema de “paz e amor”.  No Brasil, a década também foi marcada pelos festivais de música e pelo movimento tropicalista.

O “milagre econômico brasileiro” é a denominação dada à época de excepcional crescimento econômico ocorrido durante o regime militar no Brasil, também conhecido pelos oposicionistas como “anos de chumbo”, especialmente entre 1969 e 1974, no governo Médici. Nesse período do desenvolvimento brasileiro houve aumento da concentração de renda e da pobreza, instaurou-se um pensamento ufanista de “Brasil potência”, que se evidencia com a conquista da terceira Copa do Mundo em 1970 no México, e a criação do mote: “Brasil, ame-o ou deixe-o”. Ao final da década de 1960 inicia a alta nas bolsas de valores brasileiras.

Vista Panorâmica de Jaraguá do Sul em 1960

Vista Panorâmica de Jaraguá do Sul em 1960

Direitos reservados ao JVA – Arquivo Histórico/Acervo Jornal do Vale, PMJS – Arquivo Histórico/Acervo Prefeitura e ACIJS – Associação Empresarial de Jaraguá do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *