APEVI faz prestação de contas e projeta estabilidade econômica da entidade

A diretoria da APEVI apresentou nesta segunda-feira uma prestação de contas da gestão 2015-2016 e expôs o quadro de dificuldades enfrentado pela gestão que na quinta-feira será empossada, presidida pelo empresário Marciano Alves, em substituição a Leandro Schmöckel Gonçalves. A assembleia realizada na plenária ACIJS-APEVI abriu espaço para um relato das atividades e projeção de expectativas para o período que será assumido pela nova diretoria eleita em dezembro.

Conforme o relato feito na apresentação de contas, houve queda nas receitas da APEVI devido principalmente ao momento econômico do País. Com isto, a entidade decidiu postergar a realização de eventos como a Feira Industrial de Produtos e Serviços (Fipes), reduzindo as atividades de capacitação e promovendo ajustes na estrutura administrativa para assegurar o equilíbrio financeiro e a sustentabilidade.

O relatório mostra que a receita sofreu queda, gerando déficit nas contas da entidade, situação contornada com os ajustes promovidos pela gestão. O diretor financeiro Francisco dos Santos Tavares Jr. explica que a meta para 2017 é ampliar a receita com a realização da Fipes e do incremento de capacitações, palestras e eventos para associados e comunidade em geral, com expectativa de gerar um crescimento de 25% no faturamento.

Para o presidente que toma posse nesta quinta-feira, às 19h30min, no Centro Empresarial, a atividade associativa exige o empenho de todos que se propõem ao trabalho de representatividade. “Uma entidade se fortalece quando há a participação ativa de todos os seus associados. A APEVI realiza um trabalho importante de articulação e queremos incrementar ainda mais este papel, contando com uma diretoria e equipe interna dedicada, e com a participação do quadro de associados”, explicou Marciano Alves.

O presidente que deixa a função, Leandro Gonçalves, enalteceu o empenho de toda a diretoria e funcionários, e ressaltou as parcerias com outras entidades, imprensa, e a confiança dos associados. “Foram dois anos de muitas dificuldades e desafios, mas a APEVI se orgulha por ser reconhecida como a entidade do sistema que mais realiza capacitações empresariais. Foram mais de 180 treinamentos e atividades como o APEVI nos bairros, o que fortalece o trabalho de todos, o desempenho só não foi melhor porque precisamos nos ajustar à realidade do País”, ponderou.

Acompanhando a presidente do Conselho Consultivo Leonir Zacarias de Souza e falando em nome dos conselheiros, o ex-presidente Custódio Vieira da Costa enalteceu o trabalho realizado. “A entidade, em mais um período de gestão, cumpriu sua missão de atuar pela representatividade e pela capacitação de seus associados. Este é o desafio permanente em favor da pequena e microempresa, e dos empreendedores individuais, e a APEVI alcançou este resultado mesmo com um quadro de dificuldades que atingiram a todas as empresas de maneira geral”, assinalou Custódio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *