ACIJS quer motivar comunidade para regularização com Justiça Eleitoral

A aproximação da data-limite (9 de maio) para que os catarinenses regularizem suas situações perante a Justiça Eleitoral motivou a ACIJS (Associação Empresarial de Jaraguá do Sul) a incentivar o quadro de associados da entidade quanto à necessidade de cumprir o prazo previsto.

Segundo o presidente Anselmo Ramos, é muito importante para a região ter um colégio eleitoral fortalecido. “Num cenário em que o coeficiente eleitoral é decisivo para que tenhamos uma boa representatividade política, é fundamental que as pessoas estejam em dia com suas obrigações com a Justiça Eleitoral”, assinala o empresário.

Conforme o Tribunal Regional Eleitoral, além do prazo para fazer o cadastro de novos eleitores ou para solicitações em alterações no título eleitoral, dia 9 de maio também é a data final para quem ainda não realizou o cadastramento biométrico obrigatório, em 61 municípios do Estado – como é o caso de Jaraguá do Sul.

Quem não tiver a sua situação regularizada ficará impedido de votar nas eleições de outubro de 2018, além de ter restrições para renovar o CPF e passaporte ou tomar posse em cargo público.

“A ACIJS, juntamente com outras entidades de segmentos representativos, está empenhada em conscientizar os eleitores para as eleições deste ano, determinantes quanto à uma perspectiva de mudança na política brasileira. Somente com o voto isto será possível”, completa Ramos.

Neste sentido, a entidade planeja diversas ações, começando com a plenária da próxima segunda-feira (16) com a presença de profissionais de imprensa num debate aberto à comunidade sobre o processo eleitoral. Outra agenda já confirmada trará a Jaraguá do Sul o desembargador Ricardo Roesler, presidente do TRE/SC para uma palestra no Centro Empresarial no dia 14 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *