aaa

ACIJS mobiliza lideranças em reunião com governador Carlos Moisés com pauta direcionada a investimentos na infraestrutura, saúde e ampliação do efetivo da PM

Em demonstração de sinergia entre a classe empresarial e o poder público, que reafirmou a capacidade de articulação de Jaraguá do Sul na busca de atenção a pleitos da região, o governador Carlos Moisés se reuniu na tarde desta segunda-feira (21) com a diretoria e ex-presidente que formam o Conselho Superior da ACIJS, o prefeito Antídio Lunelli, e o deputado estadual Vicente Caropreso, entre outras lideranças.

O governador obteve o reconhecimento da entidade pela atenção que a atual administração tem dado à região, especialmente em relação à infraestrutura, mas também ouviu pedidos para que essa integração se torne ainda mais efetiva.

“Somos uma região que pede retorno ao que contribuímos para a riqueza de Santa Catarina, mas ao mesmo tempo oferecemos apresentamos proposições que construam essa relação de diálogo com o poder público, visando sempre um ambiente com mais qualidade para todos”, assinala o presidente da ACIJS e do Centro Empresarial Luis Hufenüssler Leigue, ao agradecer a presença do governador no encontro, designando inclusive a participação de membros da equipe de governo, assumindo compromissos com a região.

Licitação de obras de arte da BR-280 em janeiro

Como um dos resultados da reunião, o governador Carlos Moisés confirmou que a licitação de obras de arte que complementam a duplicação do trecho estadualizado da BR-280 será anunciada em janeiro.

O edital deveria ter sido lançado no início de novembro, mas foi suspenso por questões técnicas. Retomado, as empresas interessadas em participar da concorrência podem apresentar propostas até o dia 15 de janeiro, com previsão de início de serviços ainda no primeiro mês do próximo ano.

O presidente da ACIJS e do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, Luis Hufenüssler Leigue, destaca a importância do anúncio feito pelo Governo do Estado.

A informação foi repassada pela secretária-adjunta de Infraestrutura e Mobilidade Valéria Lazzaris, presente à reunião. Segundo ela, as obras contam com recursos próprios do Estado e representam investimentos da ordem de R$ 56 milhões em melhorias, com destaque para os viadutos na altura da antiga empresa Mannes e sobre o rio Itapocu, na divisa entre Guaramirim e Jaraguá (Ponte do Portal).

A expectativa é de que essas obras, junto com os demais serviços e o elevado no trevo em direção a Massaranduba, sigam o cronograma inicial se 24 meses anunciado para toda a duplicação do trecho de cerca de 9 quilômetros da parte estadualizada. O governador reconheceu o pleito e disse que o governo estadual olha com atenção os pleitos de Jaraguá do Sul, pela contribuição que a região dá a Santa Catarina. “Resgatamos obras históricas e somos parceiros em tudo que for para melhor e fazer avançar essa região tão importante para Santa Catarina”, disse Carlos Moisés.

“As obras de arte representam uma solução completa para esse importante pleito da região. Com o anúncio temos a perspectiva de que a parte que cabe ao Estado será totalmente entregue e isso representa um avanço na logística de mobilidade. Mas ainda precisamos avançar para que o trecho que cabe ao governo federal ganhe celeridade”, acentua Luis Leigue. Por isso a entidade continuará atuando no sentido de que trechos com serviços avançados, como é o caso do lote 2.1 (entre a BR-101 e o entroncamento com a Rodovia do Arroz) sejam priorizados com a liberação de recursos).

Efetivo da PM ganhará reforço na região

Ainda durante o encontro, também foi informado pelo governador a possibilidade de aumento do efetivo da Polícia Militar. Segundo Carlos Moisés, projeto está sendo articulado com a Assembleia Legislativa para que policiais da reserva possam ser aproveitados em funções administrativas em órgãos públicos e os que ocupam essas funções sendo remanejados para o trabalho de policiamento ostensivo. Além disso, policiais formados na turma que foi concluída em novembro, designados para a Operação Veraneio, em seguida sejam realocados nos municípios.

“Temos uma defasagem histórica que hoje é de 65 policiais e mesmo assim a região se destaca com um dos melhores indicadores do estado. Precisamos repor esses quadros e, investindo ainda mais na inteligência operacional e em viaturas e equipamentos, podemos qualificar ainda mais a segurança pública na nossa região”, entende o presidente da ACIJS. O subcomandante geral da PM, Marcelo Pontes, que representou o comando geral na reunião, assegurou que Jaraguá do Sul e a área da 12ª Região de Polícia Militar receberão atenção especial na distribuição do contingente de formandos.

Outros assuntos discutidos com o governador foram a reclassificação do Hospital São José na política de recursos do Estado, a viabilização do credenciamento da ala de cardiologia do hospital nos parâmetros de alta complexidade, junto ao Ministério da Saúde, e ainda questões gerais que incluem melhorias nas rodovias que cortam a região, entre outros pleitos.

Entidade quer manter canal para debate de pautas econômicas

Ao avaliar o resultado do encontro, o presidente da ACIJS reforçou a importância da atenção do estado em buscar junto com as pautas estruturantes o incremento da atividade econômica.

“Este é um tema que esperamos tratar ainda mais junto ao governo, porque são as iniciativas de fomento ao empreendedorismo, em áreas como a inovação e no apoio a setores mais atingidos pela pandemia, como as micro e pequenas empresas, que assegurarão capacidade econômica para vencermos a crise. Se 2020 tem sido um ano de desafios, com dificuldades de crédito que comprometeram muitas atividades, precisamos construir agendas que avancem além das questões de infraestruturas que poderiam ter sido resolvidas muito antes da crise”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *