ACIJS e SEBRAE desenvolvem projeto inovador para incremento da alimentação fora do lar

A ACIJS e o SEBRAE realizaram nesta quarta-feira, dia 28, a apresentação a empresários do segmento de gastronomia de Jaraguá do Sul do Projeto Food Experience, iniciativa que pretende incrementar o conceito de alimentação fora do lar na região. O projeto é resultado de parceria da entidade com o SEBRAE Nacional e conta com recursos para o desenvolvimento de várias ações que devem envolver mais de 40 empresas ligadas aos núcleos de Hospitalidade e Gastronomia e de Panificação e Confeitaria.

Neste primeiro encontro, às 15h30 no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul, detalhes do projeto foram apresentados visando o alinhamento dos participantes quanto aos seus objetivos e também estabelecer um cronograma de ações.

Conforme a consultora de Núcleos da ACIJS Vilce Mara Moreira, a ideia é fortalecer o segmento de alimentação fora do lar e o conceito conhecido como “food experience”, incrementando também a economia da região por meio do desenvolvimento e da qualificação dos produtos e serviços, assim como contribuir para a valorização da identidade gastronômica da região.

Cintia Buzian, coordenadora do Núcleo de Hospitalidade e Gastronomia, destaca que o projeto contempla desde o produto in natura até a experiência final de gastronomia. “A essência deste projeto está em oportunizar às empresas participantes um conhecimento profundo do seu negócio, evidenciando os pontos fortes de cada, de forma a trazer visibilidade e lucratividade”, diz Cintia.

A expectativa é de que o projeto, após os 18 meses de execução, seja capaz de promover o aumento da competitividade e a sustentabilidade dos pequenos negócios do setor de alimentação fora do lar da região de Jaraguá do Sul, fortalecendo e criando um ambiente favorável à valorização da cultura local, integração da cadeia de valor e geração de experiências que se consolidem na preferência dos clientes.

O projeto prevê a qualificação dos empreendedores seja em ações estruturantes de gestão, desenvolvimento empresarial, na inovação e no acesso a mercados. Estes resultados serão obtidos através de consultorias abordando aspectos como fortalecimento da governança, integração da cadeia de valor, ampliação da oferta turística por meio de estratégias de marketing e de produto a partir dos conceitos da economia da experiência, inovação e tecnologia, acesso a mercados, reposicionamento e fortalecimento da gastronomia regional, e elevação da qualidade e agregação de valor às marcas locais.

Como resultados, o projeto espera alcançar até 2018 um aumento do índice de inovação dos pequenos negócios em 10%, aumento do índice de competitividade dos pequenos negócios em 10%, e o incremento em 15% no faturamento das empresas participantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *